Lucas Aribé defende o direito à Acessibilidade

0

Lucas Aribé (Foto: Divulgação assessoria)

O vereador Lucas Aribé (PSB) se pronunciou no Pequeno Expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) desta quinta-feira, dia 21. O tema do discurso foi a representatividade na Casa e o orgulho de ser uma voz de Aracaju no Poder Legislativo Municipal.

“Vamos lutar com muito respeito, carinho e orgulho, por uma Aracaju acessível, verdadeiramente uma cidade sem barreiras. Sabemos que acessibilidade não é privilégio, nem utopia; é direito”, ressaltou em seu discurso.

Lucas Aribé foi eleito com 4.311 votos, mas destacou que será um representante de todos. “Não falo apenas por esses eleitores, falo por quase 600 mil habitantes de Aracaju. Precisamos de uma cidade acessível a pessoas com deficiência, idosos, jovens, a toda a população”, explicou.

No final da palavra, Aribé utilizou parte do livro Os Estatutos do Homem, de Thiago de Mello, para ilustrar a intenção do seu mandato. “Termino com o Artigo 3º da obra de Thiago de Mello, Os Estatutos do Homem, que diz ‘Fica decretado que, a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, que os girassóis terão direito, a abrir-se dentro da sombra; e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro, abertas para o verde onde cresce a esperança’. É isso meus colegas”, disse o vereador.

O vereador do PSB está no seu primeiro mandato e na tarde da última quarta-feira, 20, foi eleito para integrar a Comissão de Saúde, Direitos Humanos, Assistência Social e Direito do Consumidor. “Trata-se da comissão que contempla nossa plataforma de trabalho. Pretendemos atuar de forma constante nessas questões”, reforçou.

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais