Lucimara diz que Rodando no Macio é desorganizado

0
Lucimara Passos: "Execução dos serviços é desorganizada" (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

A vereadora Lucimara Passos (PCdoB) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) lamentou na Cãmara Municipal de Aracaju, o modo como o programa Rodando no Macio, desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju, vem atuando na Capital sergipana. Para a parlamentar, a execução do serviço é desorganizada e só funciona com intervenção de vereador ou outra indicação política.

“Em tese, o programa teria como objetivo melhorar a malha viária de Aracaju, com serviços de tapa buracos e recapeamento, conforme anunciado em grande campanha publicitária veiculada pela administração do Poder Executivo Municipal. Contudo, na prática, a Prefeitura de Aracaju realiza o serviço sem planejamento, atendendo apenas a pedidos políticos, sem levar em conta a real necessidade das vias. Só são beneficiados os amigos dos amigos do Prefeito”, disse a parlamentar.

Renilson Félix: "Não podemos fazer críticas infundadas"

Ainda na Tribuna, Lucimara relatou a indignação dos moradores da Rua Florianópolis, Bairro América. Nessa localidade, quase toda a rua recebeu o serviço de pavimentação asfáltica, tendo sido interrompido há mais de um mês, deixando um único trecho sem o serviço.

“Essa rua foi asfaltada até a Avenida Brasil, adiante não recebeu o recapeamento, já a rua paralela, (Guilherme José Martins) foi totalmente recapeada”, Coincidência ou não, o programa pulou o trecho da rua de algumas casas onde residem pessoas que votaram em mim. Eles observam o entorno do bairro e ficam com essa impressão. Estou aqui cobrando um argumento plausível, um retorno para poder orientar e informar o motivo da falha no serviço a esses moradores”, explana Lucimara, ilustrando o discurso com fotos da localidade.

Defesa

Rebatendo o discurso da vereadora Lucimara Passos (PCdoB), o vereador Renilson Félix (DEM) se pronunciou destacando que algumas ruas já foram recapeadas a pedidos de vereadores da oposição. “Em reunião com Dr. João, sugeri que tivesse uma comissão na Emurb para atender aos vereadores, pois somos nós que conhecemos os problemas da cidade. A senhora não vai lá, se for, será atendida. Não podemos fazer críticas infundadas”, disse referindo-se a Lucimara.

Em aparte, Agamenon Sobral (PP), afirmou que ver com preocupação “essa choradeira, sem necessidade”. O vereador diz não se lembrar qual foi o prefeito que fez tanto pelas ruas da Capital sergipana, quanto o prefeito João Alves Filho. “É má vontade da vereadora não ver que a cidade está tomando uma cara diferente. A senhora na campanha deve ter andado pelas ruas e passou em quase nenhum buraco”, destacou.

Fonte: Ascom CMAju
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais