Lula diz estar chegando a vez das mulheres

0

Grupos folclóricos se apresentam para o presidente Lula/Fotos: Valter Lima/Portal Infonet
Uma manhã marcada por manifestações no município de Laranjeiras, mas apenas culturais.  Vários grupos folclóricos da região deram as boas vindas ao presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, quando da solenidade de entrega da obra de recuperação dos prédios do Quarteirão dos Trapiches, que abrigarão o Campus da Universidade Federal de Sergipe. Afirmando estar chegando a vez das mulheres, Lula deixou nas entrelinhas sua preferência pela ministra da Casa Civil, Dilma Roussef para ser a sua sucessora em 2011.

Referindo-se ao novo campus da Universidade Federal de Sergipe, em Laranjeiras, que oferecerá os cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo, Arqueologia, Dança, Museologia e Teatro, o presidente disse que o povo de Laranjeiras tem agora do que se orgulhar.

Prédio do novo Campus de Laranjeiras
“As pessoas dessa cidade devem olhar essa obra como o cartão-postal de Laranjeiras. Quero voltar aqui para inaugurar esse outro prédio que está abandonado aqui do lado. O que me deixa triste e perplexo é que os camaradas não fizeram nada novo e ainda destroem o que já existe”, ressalta apontando para um casarão abandonado.

Sem profissão

Referindo-se ao setor educacional, o presidente enfatizou primeiro que no seu governo a palavra gasto com educação está proibida, pois todos os ministros sabem que a educação é o investimento que dá mais retorno.

Senador Almeida Lima acompanha Lula
“Eu sei o que é ser um homem sem profissão. Pode ser um ser humano como todos nós, mas come o pão que o diabo amassou quando vai procurar emprego. Quem não estuda agora, enfrentará dificuldades”, diz.

Em seguida, o presidente afirma que “posso provar que a inteligência não tem nada a ver com o número de anos e nem com os bancos de escola. Eu que só tenho curso primário e curso técnico, cheguei à Presidência da República pela preserverância (sic)”, enfatiza.

Dilma nas entrelinhas

Lula e Déda falam ao povo de Laranjeiras
Dando a entender que estará apoiando a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef para a presidência da República, Lula ressaltou o final de seu mandato em 2011.  “Fiquem tranquilos porque vamos eleger quem vai ficar no meu lugar para fazer mais do que eu fiz. Pode ser um sucessor ou uma sucessora. Acho que está chegando a vez das mulheres”, destaca.

Ele disse ainda que o papel da mulher na sociedade mudou.  “As mulheres de hoje não são subservientes como há 30 anos.  Elas não querem só lavar e passar.  Querem estudar, fazer política e chegar ao poder e por que não chegar à presidência da República?”, indaga.

Cuidando como mãe

Momento em que Placa do novo Campus é descerrada
O presidente disse pensar porque as pessoas que governaram o Brasil não tiveram um pouco mais de preocupação.  “Falam muito em governar o Brasil quando, na verdade temos que cuidar como cuidamos da família da gente.  Parece que as pessoas esqueceram que governar esse país é olhar para a totalidade desse povo como uma mãe, que é o papel do governo dentro de uma família com 190 milhões de habitantes.  No Brasil, quem era rico, ficava cada vez mais rico e quem era pobre, cada vez mais pobre”.

Pobre e eleições

O presidente da República disse também que “nesse país, não tem nada que tenha mais valor do que um pobre em época de eleição. É por isso que ao chegar ao Rio de Janeiro e São Paulo, a gente encontra um monte de gente morando em favelas”.

Ione Sobral recepciona Lula
Devolvendo auto-estima

Para o governador Marcelo Déda, “uma das maiores obras do Governo Lula é devolver ao Nordeste a auto-estima como presidente do Brasil, além de devolver à cidade de Laranjeiras, a coroa da Athenas Sergipana, com a chegada desses cursos superiores. Foi aqui que nasceu a cultura brasileira

“Lula é o cara”

A prefeita Ione Sobral preferiu agradecer a obra ao presidente Lula, convocando todos os presentes a fazer um momento de orações.  Ela fez o sinal da cruz, rezou o Santo Anjo do Senhor e o Pai Nosso. “Temos muito a agradecer ao presidente, ao governador e aos ministros, os investimentos para o nosso município. Lula é o cara minha gente”, afirma Ione Sobral

Lula recebe presente de grupo folclórico / Foto: Domingos Tadeu/Agência Brasil
Participaram da solenidade em Laranjeiras, os ministros da Educação, Fernando Hadad e da Cultura, Juca Ferreira, além do governador Marcelo Déda, da prefeita Ione Sobral, do reitor Josué dos Passos Subrinho, do senador Almeida Lima, presidente da Petrobras Distribuidora, José Eduardo Dutra, secretários de Estado, presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Luis Fernando Almeida, entre outras autoridades.

O presidente seguiu para o município de Lagarto, quando vai inaugurar esta tarde, o Campus da Saúde. Depois retorna para Aracaju, quando no final da tarde, inaugura o Centro de Educação Profissional José Figueredo Barreto, à rua Laranjeiras.

Por Aldaci de Souza

 

 

Comentários