Luta dos prefeitos por aumento de 2% do FPM

0

(Foto: Arquivo Portal Infonet)

O gestor municipal de Canindé de São Francisco (SE), prefeito Heleno Silva, está em Brasília (DF) participando do movimento dos municípios brasileiros, organizado pela Confederação Nacional dos Municípios, pleiteando aumentar o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 23,5% para 25,5%.

Na manhã da última terça-feira,25, no auditório Petrônio Portela do Senado Federal, os prefeitos se reuniram e discutiram estratégias de ação para sensibilização do Congresso Nacional, onde tramita no Senado Federal a PEC 39/2013 e na Câmara dos Deputados a PEC 341/2013, que, sendo aprovadas pelos parlamentares, os municípios terão mais recursos para melhorar os serviços públicos.

Dentre os encaminhamentos propostos pelos prefeitos, está marcada a ‘Marcha em Defesa dos Municípios’ para o próximo mês de maio e, como sugestão de alguns gestores municipais, está para avaliação da plenária uma possível paralisação nas prefeituras do País.

“Os prefeitos estão passando o pior momento administrativo nas prefeituras e estamos em Brasília gritando, pedindo ajuda ao governo federal, e temos que fazer uma grande movimentação fechando a entrada do Planalto, porque todas as categorias fazem manifestações no país e, nós prefeitos, também temos que fazer; agora, não concordo em fechar prefeitura nenhuma, porque a pressão tem que ser feita aqui em Brasília, o povo vive é no município e não na União, e não merece ser penalizado”, declarou o prefeito Heleno Silva.

O prefeito de Canindé participou também de uma mobilização dos prefeitos ribeirinhos que estão sendo comunicados da redução do valor adicionado do ICMS sobre a venda de energia pelas hidrelétricas.

Fonte: Secom/Canindé

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais