Manifestantes fazem caminhada para pedir soltura de Lula

0
Concentração ocorreu na Praça General Valadão (Fotos: Portal Infonet)

Manifestantes fizeram uma caminhada no final da tarde desta quarta-feira, 11, em Aracaju, para pedir a soltura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. O ato realizado por centrais sindicais e movimentos sociais se iniciou na Praça General Valadão e seguiu pelas ruas do Centro da capital sergipana.

“Esse é um ato pela democracia, por Lula livre e pela necessidade que o Brasil tem de vê-lo como presidente. Estamos protestando contra o golpe, os desmandos no Brasil e essa entrega ao capital nacional e internacional”, comenta o presidente da Federação dos Comerciários de Sergipe, Ronildo Almeida.

Na visão de Ronildo, a prisão de Lula também faz parte do golpe contra democracia. “Estamos aqui para registrar nossa indignação, pois o maior presidente que o país já teve, foi preso apesar não ter nenhum crime comprovado. Essa foi um ato injusto e nós queremos a soltura de Lula para que se restabeleça a democracia no país“, destaca.

O ato contou com representantes da Frente Brasil Popular, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Levanto Populares da Juventude, Movimento Organizado de Trabalhadores Urbanos (Motu), Movimento Sem Terra (MST), além de diversos sindicatos da capital e do interior.

Ronildo Almeida, da Federação dos Comerciários 

Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão, em regime fechado, na ação penal do triplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato. O ex-presidente está cumprino pena em sala especial no prédio da PF em Curitiba. 

Por Verlane Estácio 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais