Marcelo Déda diz que é momento de analisar

0

Marcelo Déda fala sobre a vitória(Fotos:Portal Infonet)
O governador reeleito no primeiro turno, Marcelo Déda (PT), em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 4, fez uma pequena avaliação da campanha e comemorou sua reeleição.

“Quero primeiro registrar a nossa gratidão aos sergipanos que foram às urnas e nos reelegeram, decidindo a eleição no primeiro turno. Essa não foi uma vitória simples e sim uma vitória maiúscula, pois elegemos os dois senadores da coligação”, agradeceu o governador.

Marcelo Déda pontuou ainda durante o discurso a satisfação da coligação em relação à quantidade de candidatos eleitos tanto na Assembléia Legislativa, como na Câmara Federal. “Essa é uma vitória significativa porque conseguimos eleger a maioria entre as nossas três coligações”, ressalta.

Municípios

O governador ainda destacou a vitória em cidades importantes do Estado. “Foi surpreendente, mas isso é a grande prova da aceitação do sergipano ao trabalho republicano em todo Estado, onde trabalhamos em todas as áreas. O povo entendeu que seria prejuízo parar, estancar nesse momento o crescimento do estado de Sergipe”, avaliou o governador.

1° Entrevista coletiva depois da reeleição
Durante a entrevista, aliás, o governador reeleito considerou como positivos os resultados alcançados em cada cidade, mesmo nos municípios em que perdeu para o adversário.

Eleitor

Déda ainda pontuou a necessidade de ouvir a mensagem dos eleitores através do voto, afirmando que irá analisar cada cidade em que foi derrotado. “Temos a humildade para abrir o coração e entender as lições que as urnas nos oferece. Buscar avaliar nesse momento quais os pontos mais críticos e que precisam ser melhorados. Não podemos colocar para baixo do tapete os problemas. Entendemos que o resultado é o sinal de que a população não quer retroceder e que está atenta”, analisa .

Saúde

Um dos pontos levantados pelo governador Marcelo Déda foi em relação a saúde do Estado, afirmando que o adversário levantou uma bandeira nesse quesito. “Foi possível perceber que o foco da oposição foi à saúde, tendo em vista o momento de crise no setor vivido não só em Sergipe mais em todo o Brasil. Isso significa dizer que temos que reavaliar as políticas”, revelou Déda

Déda e Amorim viajam para Brasília
Quando questionado em relação a derrota na capital do Estado, o governador afirmou Aracaju fez uma forte advertência ao seu governo. “Foi uma inversão de expectativas, onde o interior revelou vitórias históricas, como Itabaiana, Boquim, Canindé do São Francisco. Aracaju nos mandou um duro recado e temos a humildade de entender esse recado, sentar e analisar para entender onde erramos”, disse

Prefeitura

Quando questionado por uma jornalista presente à coletiva se os problemas enfrentados tanto pelo Município quanto pelo Estado, a exemplo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e as inúmeras obras inacabadas, além dos problemas enfrentados na saúde, teriam sido decisivos para o resultado de Aracaju, o Governador reafirmou que é preciso uma análise.

“Se o problema fosse esse seria fácil, bastava construir ali, ajeitar daqui. Problemas como da prefeitura, como do governo contribuem. Mas vejo que a questão é muito mais ampla, muito mais profunda. Essa queda aconteceu nos últimos 10 dias e isso foi apontado nas pesquisas que não mostram números, mas apontam uma tendência”, explica.

Governador diz que campanha continua para vitória de Dilma
O governador ainda pontuou que a eleição não pode ser só um processo de buscar votos e sim uma maneira de entender o eleitor. “É preciso olhar no olho, entender o que eles dizem e aceitar as respostas das urnas”, pontua.

Dilma

Marcelo Déda ainda explicou que a campanha para eleição da candidata Dilma continua e que a vitória seria de extrema importância para Sergipe. “Eu e [o recém-eleito senador Eduardo Amorim] Amorim vamos viajar ainda hoje para Brasília onde, junto com Valadares, que já viajou, sentaremos com as lideranças do partido e com o presidente Lula para trabalharmos essa candidatura. Esse comitê continuará aberto até o final do segundo turno onde completaremos a vitória de Sergipe”, destacou.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários