Matos quer rigor na fiscalização de anabolizantes

0

Moritos Matos: “É preciso coibir o acesso a essas drogas” (Foto: Alberto Dutra)
O caso dos adolescentes do município de Nossa Senhora do Socorro que passaram mal após ingerir medicação de uso animal com o objetivo de aumentar a musculatura foi destacado na sessão desta quinta-feira, 26 pelo vereador Moritos Matos (PDT).  Ele está defendendo mais rigor na fiscalização da venda de anabolizantes não somente em Aracaju, mas em todo o Estado de Sergipe.

Matos informou que os jovens teriam adquirido o medicamento em uma loja especializada na venda de produtos animais. “Dos 11 adolescentes entre 11 e 17 anos que ingeriram a substância, pelo menos seis tiveram problemas graves de saúde e alguns correram o risco de amputar os braços. Quero lembrar que já existe em Aracaju uma Lei de nossa autoria, a lei 3854, sancionada no último dia 19 de julho, que proíbe a venda de esteróides e anabolizantes”, enfatiza.

O vereador acrescentou que “não vamos esperar que o que aconteceu em Socorro se repita em Aracaju, vamos cobrar maior fiscalização no sentido de coibir o acesso a essas drogas”. O caso vem sendo investigado pela Delegacia de Grupos Vulneráveis de Nossa Senhora do Socorro.

“Precisamos fazer cumprir as leis que são produzidas nesta casa, se possível, recorrendo até o Ministério Público para que isso aconteça. A lei não pode existir apenas para justificar, em período eleitoreiro, que o vereador fez alguma coisa durante o mandato. Mas sim, para que sejam efetivamente cumpridas”, complementa Dr. Emérson (PT).

Comentários