Max cobra psicólogos e assistentes sociais nas escolas

0

(Foto: Andressa Barreto/Arquivo Portal Infonet)

O vereador Max Prejuízo (PSB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) na manhã desta terça-feira, 24/9, durante o Pequeno Expediente, para chamar a atenção para a necessidade dos profissionais da área da psicologia e da assistência social nas escolas públicas municipais e estaduais.

"É necessário que o Poder Público inicie um processo de reflexão, pois só a polícia na rua não resolve o problema de segurança. É preciso prevenção", disse Max afirmando que o trabalho preventivo nas escolas junto às crianças é um dos caminhos para o combate à violência.

Aguarda parecer das Comissões para entrar na pauta de votação da CMA, Projeto de Lei n°15/2013, de autoria do vereador Max Prejuízo, que dispõe sobre os serviços de Psicologia Escolar e Assistência Social nas escolas da rede municipal de ensino. Para o parlamentar, a psicologia escolar e a assistência social são alternativas viáveis para trabalhar com o aluno que apresenta dificuldades, tanto de aprendizagem quanto comportamental.

"Sabemos que a violência nas escolas tem crescido muito nos últimos anos. Muitas vezes a crise familiar, a crise doméstica, a falta de orientação e perspectiva, a pobreza desumana, faz com que a criança e o adolescente cresça carregada de problemas que vai refletir no seu comportamento na rua. A inserção dos serviços de psicologia escolar e assistência social na rede de ensino será um avanço significativo no relacionamento, não só com os alunos, mas com os professores e os pais", concluiu Max Prejuízo.

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais