Max Prejuízo denuncia precariedade nas UPAs

0
Vereador constatou falta de película para realização de raio-x (Foto: Luciano Otávio)

Em visita as Unidades de Pronto Atendimento da Zona Norte e Zonal Sul, nesta quarta-feira, 22/05, o vereador Max Prejuízo (PSB) constatou a dificuldade que os pacientes da pediatria de ambas as unidades tiveram para realizar um simples exame de raio-x. O parlamentar utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quinta-feira, 23/05, para denunciar a precariedade do atendimento.

"Mães chegaram pela manhã e passaram o dia inteiro para fazer o exame de raio-x. Em ambas as unidades faltava película para realização do exame. As crianças foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) e lá chegando ainda tiveram que aguardar algumas horas porque o equipamento de raio-x estava consertando", denunciou, indignado, o parlamentar.

O vereador verificou ainda que a responsabilidade de fornecer as películas para realização do raio-x é do Hospital Cirurgia e questionou: "porque está faltando essas películas. Se há contrato ele deve ser cumprido e as unidades não podem ficar desassistidas. Outra situação preocupante é quantidade de leitos pediátricos ofertados. A Secretaria Municipal de Saúde afirma que são 42 leitos, porém apenas 22 leitos são disponibilizados pelo Hospital Santa Isabel", disse Max informando que está requerendo, através da CMA, os contratos do Hospital Cirurgia, Hospital Universitário e do Hospital Santa Isabel.

"Conversei com o prefeito João Alves e o alertei sobre o que está acontecendo. Imediatamente ele fez contato com a secretária Goretti Reis. Precisamos ver o que está nesses contratos para que possamos cobrar. Fui informado que as películas chegam hoje, mas em quantidade reduzida, apenas para atender a pediatria", concluiu Max Prejuízo.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais