Membros do Não Pago jogam ovos em vereador durante ato

0

Por pouco, veradores não foram atingidos por ovos (Fotos: Portal Infonet)

Uma manifestação, a princípio pacífica dos integrantes do Movimento Não Pago se tornou um tumulto generalizado em frente à Câmara Municipal de Aracaju (CMA). O ato foi para reivindicar a não aprovação do requerimento propondo a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes. Nesta quarta-feira, 28, membros do Não Pago fecharam a rua Itabaiana que dá acesso a Câmara de Vereadores, impedindo que os veículos circulassem pelo local.

De acordo com Demétrio Varjão, a manifestação é a continuidade de uma serie de protestos feitos pelos manifestantes. “O ato é para trazer à tona o repúdio da população porque a gente percebe que a Câmara está a favor dos empresários. Eles tiveram oportunidade de apoiar a população e diante dos escândalos da falência da VCA e do sucateamento da frota, os vereadores poderiam se desculpar com a população e aprovar a CPI do Transporte, mas não o fizeram. Hoje nós também protocolamos uma nota de repúdio na Câmara”, afirma.

O vereador Emmanuel Nascimento por pouco não foi atingido por ovos

Após alguns minutos de manifestação, o vereador Emmanuel Nascimento (PT) decidiu conversar com a imprensa. Sob forte manifesto e palavras de ordem, por pouco o vereador não foi atingido por ovos jogados por alguns manifestantes. Foi preciso a intervenção da Guarda Municipal que encaminhou o parlamentar para dentro do prédio.

Momentos após o ocorrido, Emmanuel Nascimento (PT) se disse surpreso com a atitude tomada por alguns manifestantes. “Infelizmente esse gesto não representa o movimento e a população que quer melhoria para o transporte público e que nesses casos tem gente que se aproveita para agir desta forma”, afirma.

Indagado sobre a CPI do Transporte, o vereador garante que não ver problema em assinar o requerimento. “Estou aqui pronto para assinar a CPI e não vejo problema, só acho que o caminho é sempre utilizar a democracia, é natural que o povo venha a Câmara pra se manifestar contra ou a favor da decisão do plenário ou da decisão de qualquer vereador. Eu não assinei a CPI porque não me endereçaram o requerimento, é tanto que eu recorri da decisão da mesa, daí o recurso que eu apresentei que inclusive apresentei o requerimento de urgência. O vereador esta plenamente a favor dessa reivindicação do segmento da sociedade de Aracaju”, se defende o vereador Emmanuel.

Ovos jogados em frente a Câmara de Vereadores

Os manifestantes fecharam a via que dá acesso a Câmara de Vereadores

Uma nota de repúdio é protocolada na CMA

Na tentativa de fugir dos manifestantes, os vereadores tiveram que sair às pressas pela porta de trás da Câmara de Vereadores. Além dos ovos, uma pedra foi arremessada no veículo da Guarda Municipal que ficou danificado.

O vereador Valdir Santos (PTdoB) ficou indignado com a situação e se disse contra a atitude tomada por alguns membros do movimento. “Toda vida, eles foram recebidos na Câmara de Vereadores. Lógico que tem proposta que não tem votação, mas a questão da violência eu sou contra”, garante.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais