Mendonça Prado quer proibir a venda do Banese

0

Mendonça Prado
O deputado Federal Mendonça Prado (DEM) vai mover uma ação judicial com o intuito de proibir a venda do Banco do estado de Sergipe, o Banese. A preocupação é porque além de se ouvir comentários sobre a venda, na noite de ontem foi aprovada a Medida Provisória 443/2008, que possibilita o Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal de comprarem bancos estaduais. O democrata votou contra a aprovação da MP, depois de passar a tarde de ontem toda liderando uma reunião do partido para discutir o assunto.

“A gente não vê uma ação firme por parte do governador Marcelo Déda, no sentido de não vender o nosso banco, que é um patrimônio dos sergipanos”, preocupa-se o parlamentar, alertando que o Banco do Brasil já está trabalhando para que isso aconteça.  Ele observa que o Banco do Brasil tem feito diversos patrocínios a administrações no interior do estado e, por isso tem conseguido assumir as folhas de pagamentos de vários municípios do interior e não se vê o governador fazer nada para impedir.

Segundo Mendonça, os comentários sobre a venda do Banese não são ouvidos só em Sergipe, mas em Brasília também, tanto na Câmara como no meio econômico.  Ele lembrou da falta de zelo com o patrimônio da instituição que foi o empréstimo no valor de R$ 10 milhões a um sindicato. “Isso significa 10% do patrimônio líquido do banco. Qual a garantia que um sindicato tem?”, questionou.

“O Banese é uma instituição que ao longo do tempo tem cumprido o papel de fomentar o desenvolvimento através de ações simples, porém eficientes”, afirmou o parlamentar, exemplificando que a instituição ajuda o esporte sergipano, pequenos vendedores de pipoca, agindo com o micro de uma maneira que nenhum outro banco faz. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais