Militante analisa que Jackson e DEM disputarão o governo

0
Valter Pomar acredita que DEM disputará eleições em 2014 (Fotos: Portal Infonet)

Faltando pouco menos de dez meses para as eleições de 2014, as bases políticas dos partidos já se articulam com o objetivo de se agruparem politicamente e disputar as eleições.

Para o militante político e atual secretário de Relações Internacionais do PT, Valter Pomar, em Sergipe, a disputa ao Governo do Estado levará o governador Jackson Barreto (PMDB) a caminhar ao lado do Partido dos Trabalhadores liderado pelo deputado federal Rogério Carvalho (PT).

Durante o café da manhã com a imprensa, Valter Pomar, deixou claro que o atual prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) estará na briga pela disputa ao Governo em 2014.

Para o analista, o quadro político no estado de Sergipe aponta que o governador Jackson Barreto (PMDB) estará do lado oposto ao do atual prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), uma vez que os dois estarão disputando candidaturas.

“Desse ponto de vista nós estamos muito tranquilo que o final do processo será o PT e PMDB marchando unidos em torno da candidatura do Jackson e o DEM de João Alves do outro lado. Por tanto, está claro para nós o desenho da disputa política que existe aqui no estado. Isso não é invenção nossa para agora, mas a política em Sergipe caminhou nesse sentido e o movimento que o próprio João Alves fez em disputar a prefeitura se contrapondo a nós, é obvio que ele quer governar o estado. É obvio que ele [João] olhe as pesquisas eleitorais e acredite que tem chances e ele vai apostar nisso”, afirma Valter.

Ana Lúcia diz que PT etará articulado com o PMDB na disputa das eleições 

O mesmo entendimento possui a deputada estadual Ana Lúcia (PT) que acredita que o prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) sairá candidato ao governo do estado. “Acredito que João será candidato e os Amorins manterão suas candidaturas. Acredito que vamos ter no mínimo de três a quatro candidatos porque provavelmente se Jackson não conseguir convencer os nossos companheiros do PCB, PSOl e PSTU a serem seus aliados, eles também terão seus candidatos”, analisa.

Amorins

Quanto a uma possível candidatura do senador Eduardo Amorim (PSC), Valter Pomar garante que o DEM e os "Amorins" andarão juntos na disputa pelas eleições. “Na nossa opinião e esse é o desenho a qual a coisa caminha, eleitoralmente aqui em Sergipe haverá uma disputa onde o DEM e os Amorins vão estar em um campo, e nós [PT] e Jackson em outro campo. Não estamos preocupados no sentido de que vamos ser surpreendidos por uma movimentação que vai nos colocar em uma saia justa porque a dinâmica política aponta para essa polarização e vamos estar com uma chapa confortável e disputando pra ganhar o Governo do estado mais uma vez”.

Brasil

A nível de Brasil, o militante político entende que o governo da presidente Dilma Rousseff deve fazer mudanças mais significativas para as eleições de 2014. “Grande parte do povo melhorou de vida nesses 12 anos de PT, mas estamos longe dos objetivos históricos. Devemos fazer mudanças mais profundas como propor as reformas estruturais como agrária, urbana, política e a democratização da comunicação. A gente tem que ter um segundo mandato de Dilma muito melhor que o primeiro, sob pena da gente ganhar eleição em 2014 e chegar em 2018 com dificuldades imensas”, acredita Valter Pomar.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais