Ministro Márcio Macedo diz que viagem foi “erro formal” do gabinete

Márcio Macêdo admitiu erro na emissão de passagens pelo gabinete dele (Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

O ministro Márcio Macêdo alegou que a viagem realizada pelos servidores para Aracaju foi um “erro formal” de procedimento do gabinete.  Após repercussão sobre a viagem, o gestor falou sobre o assunto em coletiva de imprensa. Uma sindicância foi aberta para apurar a situação.

Na publicação, o ministro afirmou que realizou a viagem com recursos próprios e que pagou as passagens em voo comercial, fora do expediente. “Eu queria que isso ficasse muito claro, muito objetivo, porque houve uma confusão muito grande. Como se eu tivesse utilizado recursos públicos para ir pra lá [Aracaju]”, afirmou o Secretário-Geral.

Ainda no vídeo, Márcio Macedo afirmou que o “erro” de procedimento ocasionou na utilização dos recursos públicos pelos três assessores da Secretaria-Geral. Diante do ocorrido, o ministro tomou as providências com uma sindicância de apuração do ocorrido e abrindo um processo para ressarcimento do dinheiro público utilizado de forma indevida. 

“O fato concreto do erro é que tiveram passagens emitidas para funcionários irem em atividade que não teve agenda institucional. Eu sabia que eles estavam lá, mas não sabia que foram gastos recursos públicos sem ter agenda institucional. Eu descobri tem dois dias, quando vocês noticiaram. É por isso que eu tomei esses procedimentos, tanto da sindicância, quanto do procedimento de ressarcimento, para que não tenha prejuízo ao erário”, acrescentou.

Além disso, o ministro também esclareceu que os resultados da sindicância serão utilizados como forma de melhoria dos procedimentos internos. “Vou enviar essas guias de ressarcimento, que acabaram de ser feitas, para o Tribunal de Contas da União (TCU). Estarei à disposição do TCU para qualquer esclarecimento”, finalizou o secretário.

Por Carol Mundim e Verlane Estácio com informações da Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais