Missa pela posse de João Alves é celebrada na Catedral

0

Missa de ação de graças lotou a catedral (Fotos: Portal Infonet)

Autoridades e correligionários estiveram presentes à Catedral Metropolitana de Aracaju na manhã desta terça-feira, 1º, para prestigiar a missa em ação de graças pela posse do prefeito João Alves Filho (DEM). A posse do prefeito eleito ocorrerá no final desta tarde, no auditório do Tribunal de Justiça, em Aracaju. A cerimônia foi presidida pelo arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa. O prefeito eleito esteve acompanhado pela primeira-dama, a senadora Maria do Carmo Alves, e do vice-prefeito, José Carlos Machado.

“Estou aqui nesse primeiro dia do ano para pedir ao Espírito Santo que me permita muita fé, coragem e amor pelos aracajuanos. Peço a todos os meus conterrâneos que rezem a Deus, para que ele me ilumine e me cubra de sabedoria”, pediu João Alves. Na ocasião, o prefeito eleito falou sobre as primeiras medidas que tomará em seu governo. “Nossa primeira atividade será fazer um levantamento da situação financeira da prefeitura, o que nos preocupa sobremaneira, e depois uma reunião com os secretários para traçar formalmente as diretrizes de governo”, descreveu.

João destacou ainda seu posicionamento em respeito ao secretariado. “Sou da opinião de que os secretários devem trabalhar em conjunto comigo, não só seguindo orientações como dando sugestões. Embora possa haver discordâncias, estas devem ser internas. Ao final das reuniões, todos devem estar em comum acordo para que possamos implementar nosso planejamento de forma equilibrada”, disse.

Dom Lessa cumprimenta João Alves, Maria do Carmo e José Carlos Machado

Segundo João Alves, o cenário na capital sergipana é diferenciado desde sua última gestão como prefeito, há 37 anos. "Quando assumi a prefeitura pela última vez, Aracaju tinha apenas 200 mil habitantes. Hoje, a capital se expandiu e virou a Grande Aracaju, com desafios maiores. Vamos trabalhar para integrar ainda mais os municípios vizinhos, para que Aracaju cresça e se consolide como a metrópole que já vem sendo", propôs.

O vice-prefeito Carlos Machado apresentou suas expectativas com relação à nova gestão. “Embora haja demandas claras, nossa meta é resolver esses problemas com o maior empenho possível, trabalhando em conjunto na busca de alternativas”, salientou.

Durante a celebração, Dom José Palmeira Lessa enfatizou o papel dos governantes. “Nesta primeira missa do ano, pedimos a Deus que volte suas bênçãos a toda a Igreja, e, em especial, aos prefeitos e vereadores empossados para que eles tenham responsabilidade frente às necessidades do povo”, expôs.

Por Nayara Arêdes e Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais