Monte Alegre: prefeito e vice assumem administração

0

(Foto: Agência Empauta)

Numa solenidade bastante concorrida, realizada na CEASA do município, por volta das 11h do dia 1º de janeiro, o prefeito eleito de Monte Alegre, Antônio Fernandes Rodrigues Santos, o “Tonhão” (PSC), e o vice-prefeito, Genivaldo Barbosa foram empossados juntamente com os nove vereadores. O ato de posse foi lido pelo vereador Antônio Carlos, o “Tonho Boi”. Logo após, prefeito e vice fizeram o juramento.

Essa é a segunda vez que Tonhão assume os destinos de Monte Alegre. A primeira foi há 20 anos, quando foi considerado o prefeito mais jovem do país. “É um motivo de orgulho poder estar hoje novamente no meio desse povo querido, que tenho certeza que me ama. O povo que tanto confiou na mudança de Monte Alegre, e ela chegou, chegou realmente para fazer melhor”, disse.

Em seu discurso, o novo prefeito agradeceu a confiança dos eleitores bem como a todos aqueles que, direta ou indiretamente, colaboram com a sua vitória em 7 de outubro. “Sei da minha responsabilidade a partir de hoje. Estamos assumindo um município numa situação extremamente difícil, mas quero dizer que estou preparado, pois Deus me preparou para este momento. Meu compromisso maior, a partir de agora, é governar para todos, principalmente para as famílias mais carentes, que são as que mais precisam da ajuda da prefeitura”, justificou Tonhão.

Sem a existência da transição no município, o prefeito relatou que as informações que chegaram a ele são preocupantes. A prefeitura encontra-se com as contas bloqueadas e vários outros problemas. “A Clínica de Saúde da família está fechada, a frota sucateada, o matadouro fechado há vários anos, estradas intransitáveis, muitas escolas fechadas, funcionários com salários atrasados, débito com a Caixa Econômica devido aos empréstimos consignados, o município sem certidão negativa, impossibilitando receber recursos dos governos federal e estadual”, listou Tonhão.

O prefeito empossou todo o secretariado e lembrou, a cada um deles, que na campanha fez um plano de governo e o distribuiu de casa em casa, sendo que a partir de agora irá cobrar empenho de cada um para colocá-lo em prática. “Esse desafio não é somente meu, mas também dos senhores e das senhoras. Todos vocês conhecem bem a função que irão exercer e terão condições para implementar uma gestão responsável e transparente, mas que, acima de tudo, tem o povo em primeiro lugar”, frisou.

Fonte: Agência Empauta

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais