Moradores debatem e reafirmam preferência por Aracaju

0
Debate contou com a presença de políticos, lideranças comunitárias e moradores (Fotos: Portal Infonet)

O polêmico processo que envolve a disputa entre Aracaju e São Cristóvão pela propriedade da Zona de Expansão foi o tema central de um debate realizado na noite desta quinta-feira, 7. Durante o evento, que foi uma iniciativa da Frente Ampla em Defesa da Zona de Expansão para Aracaju (FAZE), moradores e lideranças comunitária aproveitam a presença das autoridades políticas para reafirmar a preferência pela decisão que mantêm a região como parte de Aracaju e reivindicar melhorias efetivas para a assistência à população.

De acordo com a diretora do Conselho das Associações Moradores dos Bairros Aeroporto e Zona de Expansão Aracaju (Combaze), Karina Drumond, a Faze, que desde o início da ação, trava uma batalha em favor da região, vê a necessidade envolver a comunidade na discussão.  “É Importante que a população se una cada vez mais e junte-se a nós para mostrar sua força e reafirmar que vivemos em um país democrático, onde o posicionamento e as decisões da população devem ser mantidos e respeitados”, explica.

Moradores fizeram uma grande mobilização para expressar sua opinião

Ainda de acordo com Karina, a decisão de que a região deve permanecer como propriedade de Aracaju é unânime entre os moradores. “Virou um clamor geral da região. Este é o primeiro de muitos debates que virão. Começamos falando sobre o plebiscito e daremos continuidade abordando outras necessidades para o desenvolvimento da região”, afirma.

Para o agente de saúde, Ubiraci Suassuna, que mora há 16 anos na região, moradores e políticos discutem plebiscito, quando independente do município a qual pertence a Zona de Expansão, os problemas permanecem. “Na unidade de saúde na qual eu trabalho, faltam remédios e materiais. Você participar de uma reunião como essa e trazer a comunidade pra ouvir o mesmo discurso dado há seis ou oito anos atrás, é ilusão. Queremos ser respeitados e precisamos de mais melhorias e políticas públicas para a região, que na nossa visão, deve continuar pertencendo a Aracaju. Eu encaro isso como oportunismo, pois a reunião partiu dos moradores. Alguns estão aproveitando para aparecer e o que existe aqui são interesses particulares no que diz respeito a essa zona”, reclama.

Karina fala da necessidade de ampliar discussão junto aos moradores

Políticos

O vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado, participou do debate e procurou tranquilizar a comunidade quanto ao andamento do processo. “É importante envolver a comunidade nessa discussão para que entendem que temos dois procuradores competentes lutando pela causa. A decisão final será do Supremo Tribunal Federal (STF) e a Prefeitura quer transformar a Zona de Expansão em um bairro de Aracaju. E isso vai acontecer, não tenham dúvidas”, garante.

A deputada estadual Ana Lúcia também esteve no evento e durante seu discurso, destacou a necessidade de a população se mobilizar e exigir dos políticos um posicionamento firme para a resolução da questão. “São mais de 100 mil pessoas nesta insegurança e não podemos depender de plebiscito ou julgamento. Todos sabem que São Cristóvão passa por uma crise e como a cidade irá absolver esta região? Os moradores devem cobrar uma ação política rápida para resolver isso”, ressalta.

O morador Ubiraci Suassuna chama attenção para os problemas da região

Vice-prefeito, josé Carlos Machado tenta tranquilizar a populaçao

A deputada Ana Lúcia esteve entre os representantes do Poder Legislativo

O evento contou ainda com a presença dos vereadores Max Prejuízo, Roberto Morais e Dr. Emerson, além dos deputados Garibaldi Mendonça, Conceição Vieira, Susana Azevedo e do ex-vereador Antônio Samarone.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais