Mototaxistas derrotados na Câmara

0

Categoria acompanhou a votação nas galerias e … (Fotos: Portal Infonet)
Por 9 votos a 5, foi rejeitado o recurso do vereador Fábio Mitidieri (PDT) sobre a regulamentação dos serviços de mototaxistas em Aracaju. O projeto foi votado no meio do ano, mas rejeitado na Comissão de Justiça sob a alegação de que a autoria deveria ser do Poder Executivo. Caso o recurso fosse aprovado na sessão desta quinta-feira, 11, o projeto seria votado na Comissão de Transporte.  Como apenas cinco vereadores foram favoráveis, ele é arquivado e somente entrará na pauta em 2011.

“Hoje entendemos que o prefeito Edvaldo Nogueira e a sua bancada na Câmara de Vereadores estão querendo marginalizar e banalizar a Prefeitura de Aracaju. Será que esse é o papel

… na Praça Olímpio Campos
dos vereadores eleitos pelo povo, votar contra os trabalhadores e ainda querer justificar o voto? Quero pedir aos eleitores que fiquem atentos aos vereadores que só votam em favor do prefeito e contra a sociedade aracajuana”, alerta o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Sergipe, Irinaldo Oliveira, agradecendo aos vereadores que votaram favoráveis ao recurso.

“Quem está ilegal é o poder público, pois nós temos todo o aparato legal para trabalhar, a exemplo do curso de capacitação promovido pelo Conselho Nacional de Trânsito por meio do Detran, a partir de 15 de dezembro. Esse resultado aqui na Câmara é a falta de compromisso dos

Irinaldo: Eleitor deve saber quem está contra os trabalhadores e a sociedade
vereadores com o povo, com os trabalhadores. A classe está cada vez mais se revoltando e vai continuar dando o seu grito de luta”, garante o mototaxista Jonathan Ribeiro.

Votação

A votação do recurso foi aberta e cada vereador teve a possibilidade de justificar o voto. Votaram contra a regulamentação da profissão de mototaxistas em Aracaju os vereadores Bertulino Menezes, Élber Batalha Filho, Evando Franca, Ivaldo José, Magal da Pastoral, Rosângela Santana, Valdir Santos, Míriam Ribeiro e Simone Góes.

Jonathan: “Falta de compromisso dos vereadores”

 

E votaram a favor os vereadores Emerson Ferreira, Juvêncio Oliveira, Moritos Matos, Nitinho e Fábio Mitidieri. Dois vereadores faltaram: Dr. Gonzaga e Pastor Jony e dois estão licenciados: Robson Viana e Jailton Santana. O presidente Emmanuel Nascimento somente votaria caso houvesse empate.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

 


 

Comentários