Movimento Não Pago faz ato na porta da Câmara

0

Ato na porta da Câmara (Fotos: Portal Infonet)

Integrantes do Movimento Não Pago realizaram um ato na porta da Câmara Municipal de Aracaju na tarde desta terça-feira, 2, com a finalidade de pressionar os vereadores a não aceitarem a proposta de aumento da tarifa do transporte público, defendida pelo Sindicato das Empresas, o Setransp.

“O prefeito João Alves Filho enviou a proposta de reajuste do transporte coletivo, mas não fez uma proposta nova, ou seja, a que chegou às mãos dos vereadores é a mesma defendida pelo Setransp, [passando de R$ 2.25 para R$ 2.52]. Nós lutamos pela redução para R$ 1,28”, ressalta o integrante do Movimento Não Pago, Demétrio Varjão.

Demétrio Varjão, representante do Movimento Não Pago

Ele acrescentou que a planilha apresentada pelo sindicato apresenta irregularidades. “O preço alegado do pneu de ônibus é 23% superior que o menor preço do mercado e não existe custo com câmaras de ar e protetores. Isso sem contar que no cálculo da tarifa são incluídos salários de motorista e cobrador nos micro-onibus e micrões, que só possuem um funcionário realizando as duas funções”, lamenta.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais