Movimentos querem Linda na Comissão de Direitos Humanos da CMA

0
Movimentos sociais querem Linda Presidenta da Comissão de Direitos Humanos da CMA (Foto: CMA)

Além de destacar a trajetória de luta da vereadora ligada à defesa dos Direitos Humanos e à justiça social.
O manifesto ainda aponta que as graves e frequentes violações de direitos deveriam convocar a Câmara de Vereadores a uma representação mais assertiva na Comissão. “[…] segundo o IBGE aponta, na última pesquisa sobre a síntese dos indicadores sociais, grande parte dos lares brasileiros é chefiada por mulheres negras, dentre as quais 63% estaria vivendo abaixo da linha da pobreza. Somam-se a isso os intensos casos de feminicídio que têm sido abordados pela mídia e o fato de que o Brasil permanece sendo o país que mais mata pessoas LGBTQIA+”.

Para Linda Brasil, depois de ter sido eleita a vereadora mais votada, receber mais esse apoio da população é gratificante e respalda a sua atuação na Câmara. “Eu quero fazer uma mandata popular e coletiva, porque a minha força vem das ruas, das lutas. Não percorri sozinha o caminho que me trouxe até aqui, nosso projeto é coletivo e parte desse processo já foi iniciado na mandata, a partir de reuniões com os movimentos sociais, entidades e instituições que historicamente constroem a luta em nossa cidade”, conta.

Atualmente, funcionam seis comissões na Câmara Municipal de Aracaju, são elas: Justiça e Redação; Finanças, Tomada de Contas e Orçamento; Obras, Serviços Públicos, Transportes e Meio Ambiente; Educação, Cultura e Esportes; Saúde, Direitos Humanos, Assistência Social e Defesa Do Consumidor; e Ética, Decoro Parlamentar e Ouvidoria.

A escolha dos membros e presidência das respectivas comissões ocorrerá no próximo dia 02 de fevereiro, durante a primeira sessão ordinária da Câmara Municipal.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários