MPE de São Cristóvão emite parecer favorável à Rivanda

0

Rivanda Farias (Foto: Divulgação)

O parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE) favorável ao deferimento da candidatura de Rivanda Farias (PSB) à Prefeitura de São Cristóvão, deixou a assessoria da prefeita [eleita em 7 de outubro, com 16.466 votos], ainda mais tranquila. A decisão no entanto, será dada pelo juiz eleitoral, Manoel da Costa Neto.

No parecer, o promotor da 21ª Zona Eleitoral, Alexandre Sampaio Santana, julgou improcedentes os pedidos de impugnação e se manifestou pelo deferimento do registro da candidatura ao cargo de prefeito municipal, de Rivanda Farias de Oliveira.

O promotor deixou claro que “as ações de impugnação são improcedentes, devido à legitimidade de Rivanda em assumir a disputa pela prefeitura no lugar de Armando Batalha, seu marido, candidato até a véspera da eleição, quando desistiu de enfrentar o certame, por estar com seu registro sub judice no Tribunal Superior Eleitoral”.

“Nunca perdemos a confiança, estamos muito tranquilos. É um procedimento normal. As ações de impugnação foram impetradas pela oposição, nós fizemos a defesa, obtivemos o parecer do Ministério Público Eleitoral favorável à candidatura de Rivanda e estamos agora aguardando a decisão do juiz Manoel da Costa Neto”, ressalta o advogado da prefeita eleita, Manoel Nascimento.

As ações de impugnação foram impetradas pela coligação liderada pelo candidato derrotado Wanderlê Correia e pelo suplente de vereador Adailton Lopes dos Santos, o "Dito", alegando que a mudança de Armando Batalha para Rivanda teria sido feita fora do prazo regimental para alterações nas chapas e que ela foi demitida do serviço público por meio de um processo administrativo, o que de acordo com o parecer do MPE, ‘como o processo não está julgado, Rivanda Farias não está inelegível’.

Por Aldaci de Souza

Comentários