Nitinho denuncia contratos de empresas

0

Nitinho afirma que “prática ilegal”
O vereador Josenito Vitalle, Nitinho (DEM) anunciou na sessão desta quinta-feira, 11, na Câmara Municipal de Aracaju, que vai elaborar um requerimento e levar pessoalmente ao Ministério Público Estadual. O objetivo é que seja feita uma averiguação quanto aos contratos de licitação para a prestação de serviços às Fundações de Saúde. A reclamação do vereador é quanto ao pregão eletrônico utilizado na contratação de empresas que fornecem alimentos e trabalhos na área hospitalar do interior.Segundo ele, está havendo favorecimento às grandes empresas.

De acordo com Nitinho, estão trabalhando com um lote único para 11 hospitais e com a exigência de um índice de liquidez de balanço da empresa, de três pontos zero. “Pior ainda é que estão exigindo para que as empresas possam participar, capital social de 10% e caução de 5%. Pra mim isso é carta marcada para quebrar os pequenos fornecedores de alimentos, que terão de ter mais de dois mil reais em caixa. Qual a empresa que tem isso hoje em Sergipe?”, indaga.

O parlamentar explicou que algumas empresas impugnaram o processo. “Agora, vão fazer a escolha por cotação, o que também é prejudicial para as pequenas empresas, pois pegam uma empresa grande e pedem que arranjem mais três.  Essa prática é ilegal. O certo é fazer o pregão eletrônico, mas loteando com as empresas pequenas, gerando emprego e dando oportunidades para que todas participem”, entende.

Denúncia

Nitinho disse que vai levar a denúncia até o Ministério Público Estadual. “Vou pessoalmente entregar um requerimento ao Ministério Público para que os contratos possam ser analisados e a transparência verificada. Não é dessa maneira que se trata o dinheiro público. Eu pensava que o ex-secretário Rogério Carvalho era esperto, mas Mônica Sampaio é tão sabida quanto ele”, enfatiza Nitinho acrescentando que se sente privilegiado por não estar sendo questionado pelos colegas que dão apoio ao Governo, que preferem ficar calados.

Comentários