Novo modelo de RG é apresentado aos deputados estaduais

0
Jenilson Gomes, diretor do Instituto de Identificação de Sergipe, explicou o procedimento para solicitar o novo RG (Foto: Alese)

O diretor do Instituto de Identificação de Sergipe, Jenilson Gomes, esteve na manhã desta quarta-feira, 23, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), para esclarecer aos parlamentares como está funcionando o processo de emissão na nova carteira de identidade (RG) já no padrão nacional. A nova identidade, segundo o diretor, é mais segura e evita fraudes.

Questionado pela deputada Goretti Reis (PSD) – autora do requerimento que convidou o diretor a comparecer a Alese – sobre a segurança do novo documento, o diretor informou que a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) firmou uma parceria com a Polícia Federal e com isso, o Instituto tem acesso ilimitado a 38 bases de inteligência. Desde que o sistema começou a ser utilizado, já foram identificados 10 mil casos de duplicidade de documentos, ou seja, o mesmo RG sendo utilizado por mais de uma pessoa.

“Desde o inicio do ano, com o cruzamento de dados, ajudamos que 158 mandados de prisão fossem cumpridos. Temos cerca de 20 casos de duplicidade de documentos por dia. Com a nova tecnologia, ficou muito mais rápido e seguro para validar  informações. Temos muitos casos de erro de digitação, então, esse nome vai para o banco de dados e nunca mais é achado e  são gerados números diferentes de identidades para a mesma pessoa. Estamos depurando e conseguindo ajustar essas inconsistências”, aponta.

Atualmente, segundo o diretor, cerca de oito mil solicitações chegam diariamente ao Instituto para emissão do documento. Por conta da pandemia, apenas a sede do Instituto de Identificação, situada na capital, e o posto localizado no município de Lagarto estão funcionando para atendimento ao público prioritário.

“Criamos uma mecanismo para otimizar o atendimento. Hoje as pessoas que vão solicitar o documento acessam o site da SSP/SE, preenchem todo o formulário, enviam a documentação pelo próprio telefone ou computador e um servidor analisa e responde por e-mail dizendo se a solicitação foi aprovada ou não. Se tiver algo errado, é explicado o problema e como resolver. Se estiver tudo certo, será marcado um dia e horário apenas para coleta da biometria”, explica.

Jenilson conta que dessa maneira, o atendimento presencial é reduzido e mais pessoas conseguem ser atendidas. O prazo para entrega do documento é de até 30 dias após a coleta da biometria. “Hoje temos cerca de 8 mil solicitações de emissão de carteira de identidade por dia e temos capacidade de 150 atendimentos, então, mantemos o prazo de até 30 dias para entrega. Reduziremos esse tempo tão logo apresente logística para isso”, informa.

Para solicitar o novo RG, as pessoas podem acessar o site da SSP/SE e clicar o banner para atendimento online. Não é preciso baixar nenhum aplicativo, todo processo e feito pelo computador ou telefone celular e todas as orientações estão na página da secretaria.

A nova Carteira de Identidade oferta a possibilidade de conter até 12 documentos ou informações diferentes, como título de eleitor, PIS, Certificado de Reservista, tipo sanguíneo e até mesmo informações de necessidades especiais de saúde. O Governo Federal estabeleceu que os órgãos devem se adequar ao novo padrão do Documento de Identidade até 1º de março de 2021.

Por Karla Pinheiro com informações da Alese

Comentários