Novo prefeito de Brejo Grande impedido de ser diplomado

0

O prefeito de Brejo Grande, Anderson Ferreira Bastos (PSB) e o vice-prefeito José Antônio Dias Ferreira, eleitos no último dia 7 de outubro, foram proibidos pela Justiça de serem diplomados em dezembro de 2012.

A decisão foi assinada pelo juiz Gilton Costa dos Santos em consequência de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral por parte do Ministério Público Eleitoral, decretando a inelegibilidade e cassação do registro ou diploma.

Eles são acusados de distribuir cheques nominais, assinados pelo atual prefeito Carlos Augusto Ferreira (PSB) a pessoas carentes no valor de R$ 50 e R$ 100, valores procedente do Fundo Municipal de Assistência Social de Brejo Grande.

Na decisão, o atual prefeito Carlos Augusto fica inelegível. O vereador Fernandes Santos também é investigado pelo MPE no esquema de compra de votos, denominado pelo juiz de “mensalinho”.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais