Petrobras anuncia novo Programa de Desligamento Voluntário

0

O Conselho de Administração da Petrobrás bateu o martelo e aprovou um novo Programa de Desligamento Voluntário (PDV). De um lado, o custo que a petroleira terá de arcar com o programa será de R$ 1,1 bilhão, mas a empresa espera por um retorno de R$ 4,1 bilhões no período entre 2019 e 2023.

De acordo com a companhia, estarão elegíveis os empregados da Petrobrás Controladora que estejam aposentados pelo INSS até junho de 2020, quando serão encerradas as inscrições. A Petrobrás diz ainda que sua meta é renovar seus quadros, quando esta necessidade for identificada. O regulamento do programa determina também ações para retenção em processos chave, de modo a garantir a continuidade das operações.

“O PDV foi elaborado considerando o custo de reposição dos quadros da companhia, a preservação do efetivo necessário à continuidade operacional e a aderência ao Plano de Negócios e Gestão vigente”, afirmou a empresa. “Os valores de custo e retorno podem se alterar de acordo com a efetiva adesão, assim como por outras variáveis, sendo estas estimativas baseadas em premissas e critérios aplicáveis no presente momento”, acrescentou a Petrobrás. O PDV faz parte do Plano de Resiliência anunciado pela estatal em março.

Fonte: Petronotícias

Comentários