Pirambu: população sem aula e sem postos de saúde

0
Veículo novo, mas sem motor (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

A população de Pirambu iniciou o ano enfrentando sérios problemas com os serviços públicos. As aulas no Colégio Municipal Mário Trindade foram interrompidas por falta de merenda escolar e o atendimento nos postos de saúde foi suspenso, medidas determinadas pelo prefeito Élio Martins (PSC) empossado na última terça-feira, 1º.

O prefeito explicou que tomou as medidas em função da precariedade que encontrou a administração pública naquele município. Em consequência, ele já assinou decreto emergencial para conseguir por em funcionamento os serviços básicos de saúde e regularizar a merenda escolar.

O prefeito diz que ainda não tem noção da real situação financeira do município porque está encontrando dificuldades para localizar os documentos, mas avalia que cerca de 40% dos servidores deixaram de ser contemplados com o pagamento dos salários do mês de dezembro.

Élio Martins: decreto de emergência

Os servidores não conseguem compreender qual o critério utilizado pelo ex-prefeito José Nilton (PMDB) para selecionar os sortudos para receber os salários no final do ano, mas o prefeito Élio Martins não tem dúvida: “foi critério político”.

Os moradores não compreendem as medidas adotadas pelo atual gestor e ficam surpresos diante das dificuldades. “Os postos de saúde não funcionam desde ontem e os moradores não estão gostando muito disso, não”, comenta a costureira Analice Lino. “Não sei o que foi que aconteceu, se foi o novo prefeito tomando medidas para melhorar, mas nunca aconteceu do posto fechar. Vamos ver se daqui pra frente melhora”, observa.

De acordo com informações do diretor da escola Mário Trindade, Josivaldo Rocha Cruz, a suspensão das aulas foi bem aceita pelos alunos e compreendida pelos professores, apesar do atraso no encerramento do ano letivo. Os alunos entraram de férias em junho, mas as aulas só foram reiniciadas no mês de setembro, fruto das obras de reformas iniciadas pela prefeitura.

Escola fechada

Ocorreu um pequeno recesso no mês de dezembro em função das festas de fim de ano e as aulas deveriam ser retomadas na quarta-feira, 2. “Mas a nova gestão achou por bem ampliar o recesso porque a gestão anterior suspendeu o fornecimento da merenda escolar porque não tinha como mais pedir a merenda à empresa que fornecia devido ao período de licitação que acabou e a merenda é imprescindível para os alunos”, justifica o diretor.

Sucata

Os serviços de atendimento à saúde estão precários. A frota está completamente sucateada. Ambulâncias novas completamente destruídas, veículos até sem motor e com pneus em péssimas condições. A condutora de ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, Dariadne Fontes, informa que há veículo modelo 2012/2013 com perda total, enquanto há outros carros e ambulância sem motor, que estão encostados como sucata por falta de manutenção.

Mofo no laboratório

A auxiliar de enfermagem Valdina Santos Rocha diz que nem os aparelhos de ar condicionado foram salvos. “Eles carregaram o coração do ar condicionado para fazer manutenção e não devolveram”, comenta, numa referência a um prestador de serviço que ela não soube identificar.

O digitalizador de laboratório Jonatha Marques garante que o laboratório está sem funcionar há alguns meses. O ar condicionado instalado no espaço reservado ao laboratório também apresenta o mesmo problema e as paredes estão dominadas por mofo.

O Portal Infonet tentou localizar o ex-prefeito José Nilton, mas não obteve êxito. Na cidade, a informação é que ele não reside no município. A equipe da Infonet conseguiu localizar o Padre Genivaldo, ex-secretário de Educação.

Dariadne mostra situação dos colchões nos alojamentos dos Postos de Saúde

Mas o ex-secretário não deu explicações, com o argumento de que não teve competência para ordenar despesas. “O que tinha para falar já falei para aquele que me substituiu”, resumiu. “O secretário não ordena despesas, portanto não tem condições de resolver problemas. Na época levei o problema a quem de direito”, comentou.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais