PMA deverá anunciar empresa que atuará em Aracaju

0
(Foto: Heribaldo Martins)

A Prefeitura de Aracaju deverá anunciar nessa segunda-feira, 29, a empresa de transporte coletivo que passará a atuar no sistema em substituição Viação Cidade de Aracaju (VCA) que teve as atividades suspensas na capital por decisão do prefeito, João Alves Filho. A afirmação é da secretária Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), Georlize Teles que na quinta-feira, 26, esteve reunida com os vereadores para debater a atual situação do transporte público em Aracaju e as medidas já adotadas para regularizar o serviço.

O convite feito pelo presidente da CMA, Vinícius Porto (DEM) teve por objetivo colocar em pauta pontos importantes referentes à crise do sistema de transporte e, principalmente soluções para que o serviço seja normalizado. De acordo com a Secretária, a Prefeitura estudou várias maneiras para resolver o problema. “Pensamos em intervenção, mas esta medida teria como resultado uma despesa mensal de R$ 3,5 milhões. Além disso, a Prefeitura também ficaria sem receber impostos da empresa. Outra possibilidade seria encampar a VCA que também implicaria em prejuízo para a população aracajuana, isso porque a PMA acabaria arcando com uma dívida muito alta”, esclarece Georlize Teles.

Aos vereadores, a Secretária disse que o melhor caminho no momento foi fazer um chamamento público para que outras empresas de transportes participem do sistema integrado de transportes de Aracaju. “Já estamos recebendo propostas. A seleção tem por base critérios claros e imprescindíveis como solidez econômica e financeira; certidões trabalhistas e velocidade na entrada do sistema. Nossa preocupação é que a população seja atendida o quanto antes e que seja um serviço de qualidade”, explica a Secretária.

Sobre a escolha da nova empresa viária, Georlize Teles deixou claro aos interessados que a PMA não poderia garantir que eles ganhassem a licitação que será implantada. “O prefeito João Alves Filho vai fazer a licitação do transporte público, inclusive no próximo dia 31 via ocorrer um audiência na 12ª Vara Cível para discutir sobre a atual licitação. Vai decidir se mantém a que foi elaborada pelo governo anterior ou se faz uma nova licitação, disse Georlize.

Segundo a Secretária,  a licitação atual só atende a Aracaju. “ A proposta da nova licitação é abranger também os municípios da região metropolitana (Barra dos Coqueiros, São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro). Para isso falta a anuência das Câmaras de Vereadores. É que para participar  da licitação da região metropolitana, através de consórcio público, as Câmaras de Vereadores têm que aprovar o protocolo  de intenções”, disse.

Para o presidente da Câmara de Vereadores o encontro da Secretária Municipal da Defesa Social e da Cidadania, Georlize Teles, foi de extrema importância. “ Nós vereadores estamos em recesso, mas não poderíamos de forma alguma ficar à parte da atual situação. Trata-se de um problema que precisa ser resolvido o mais rápido possível, principalmente porque envolve o interesse de milhares de aracajuanos. Pessoas que, diariamente fazem uso do transporte público para se locomover e que, portanto, precisam de um serviço de qualidade”, reforça Vinícius Porto.

Fonte: Ascom

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais