PMDB faz barba e bigode na Câmara e no Senado

0

O PMDB é o partido da vez. Comanda agora as duas principais casas legislativas do País, o Senado e a Câmara dos Deputados. O Senador pelo Amapá – é Amapá, mesmo, acreditem – José Sarney foi eleito presidente do Senado com 17 votos de diferença do seu oponente, o Senador pelo Acre Tião Viana. Ex-presidente da República, Sarney já foi presidente do Senado por três vezes.

 

Este é o seu quarto mandato. Na Câmara dos Deputados, o deputado Michel Temer obteve 304 votos contra 129 dos seus principais adversários. Preside a Câmara pela terceira vez. Sarney anunciou, no discurso de posse, um corte de 10% no Orçamento do Senado, o que surpreendeu seus eleitores. Os três senadores sergipanos – Almeida Lima, Maria do Carmo Alves, Antonio Carlos Valadares – votaram no Senador Sarney.

 

O Senador Cristovam Buarque acha que o governo virou “refém do PMDB”, opinião que não é compartilhada pelo deputado Ricardo Berzoini, presidente do PT. Com Sarney renasce para uma nova vida no Senado, o Senador por Alagoas, Renan Calheiros, que saiu de cena por causa de um escândalo que lhe custou a presidência do Senado. Ele deverá ser o líder do PMDB.

 

Por Ivan Valença

Comentários