PMs e bombeiros fazem ato na porta da Assembleia

0

Policiais na porta da Assembleia Legislativa (Fotos: Portal Infonet)

Deputado Samuel Barreto conversa com categoria

Representantes das Associações Unidas

Representantes das Associações Unidas [Polícia Militar e Corpo de Bombeiros] realizaram um ato na porta da Assembleia Legislativa de Sergipe na tarde desta segunda-feira, 10. Eles integram o Movimento Polícia Legal e reivindicam entre outros pontos, a reposição do Reajuste Linear dos anos 2009, 2010, 2012 e 2013.

“No último dia 20 nós entregamos um ofício ao Governo do Estado. Amanhã (11), temos uma reunião com o secretário-adjunto da Cultura, Wellington Mangueira, para tentar intermediar um diálogo”, afirma Jorge Vieira, representante da Associação dos Militares do Estado de Sergipe (Amese).

Ele explicou que além da reposição salarial, os militares lutam pela Lei de Fixação de Efetivo, Lei de Organização Básica (LOB), carga horária de 30 horas semanais e nível superior para quem está ingressando na PM.

“No ofício entregue ao governador Jackson Barreto, ressaltamos que o Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Sergipe, sequer possui Lei de Organização Básica. E solicitamos que seja aberta a mesa de negociação de forma urgente, tendo em vista que o prazo para o atendimento de qualquer pleito ao funcionalismo público se esgota no dia 8 de abril de 2014”, completa.

Também no ato desta tarde, o sargento Edgard Menezes destacou não pregar a indisciplina. “Eu prezo e dou exemplo de atitude. Não podemos ser subserviente. A lei que nos pune, nos protege”, complementa.

O Movimento Polícia Legal conta com o apoio do deputado Capitão Samuel (PSD), que participou do ato na porta da Assembleia Legislativa. “A polícia passou quatro anos consciente do papel que tem que desempenhar, esperou uma resposta do Governo e não obteve resposta”, diz.

Na Secretaria de Comunicação Social do Governo de Sergipe, a informação é de que “o secretário João Augusto Gama (Seplag), está imbuído de receber todas as lideranças das categorias representativas neste mês de março para dialogar sobre as reivindicações. Hoje mesmo, o próprio governador Jackson Barreto recebeu os representantes do Sintese, Ângela Silva e do Sintrase, Waldir Rodrigues”.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais