Podemos e Avante deixam coligação de Belivaldo Chagas

0
Podemos e Avante se aliam a PMN e Patriota para candidaturas proporcionais, e Belivaldo perde com isso (Foto: Arquivo Infonet)

O candidato a reeleição para o Governo do Estado Belivaldo Chagas (PSD) teve duas baixas na coligação. O Podemos e o Avante fecharam ‘chapinha’ para candidaturas proporcionais, ou seja, para deputados federais e estaduais com o PMN e Patriota, não podendo, agora, apoiar abertamente o principal nome da chapa majoritária.

A saída “teórica” dos dois partidos se dá porque o PMN tem nome para a chapa majoritária – Milton Andrade, concorrente ao Governo. Com isso, Podemos e Avante não podem mais pedir explicitamente votos para Belivaldo, além de implicar em uma perda de aproximadamente 52 minutos de tempo de propaganda eleitoral gratuita para o agrupamento, se somados os 25 dias de propaganda partidária.

Nas atas das convenções estaduais do Podemos e Avante, é declarado que os partidos não indicarão candidaturas ao Governo.

Uma fonte ligada à chapa que tenta a reeleição contou que a estratégia de Podemos e Avante foi de conseguir afastar PT e PC do B da ‘chapinha’ e garantir sua permanência no ‘chapão’: sem esses dois, seria mais fácil conseguir a eleição de seus candidatos. “Quem perdeu foi Belivaldo”, lamentou. “Não podem apoiá-lo às claras, subir em palanque… é o ‘apoio-morno”.

O Portal Infonet ligou para Zezinho Sobral, presidente do Podemos e pré-candidato a deputado estadual, mas não teve as chamadas atendidas. Não conseguiu também contato com Valdir Santos, presidente do Avante e pré-candidato a deputado federal. O Portal está à disposição pelo telefone 2106-8000 e e-mail jornalismo@infonet.com.br.

A assessoria informou que o governador Belivaldo Chagas (PSD) não se pronunciará sobre o tema. Se anteriormente  a chapa majoritária contava com nove partidos, agora, oficialmente, são apenas sete na coligação: PSD, PT, MDB, DC, PHS, PP e PCdoB.

Por Victor Siqueira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais