Policiais acompanham votação na Assembléia

0

Militares ocuparam as galerias da Assembléia Legislativa
Deputados compareceram à Assembléia Legislativa de Sergipe na manhã desta terça-feira, 14, para mais uma sessão extraordinária, quando foram votados projetos de lei de autoria do Poder Executivo e do Judiciário. A autoconvocação sem ônus ao erário público estadual teve início na tarde desta segunda-feira, 13, com a leitura dos projetos, entre eles, o que trata da estrutura e remuneração da Polícia Militar de Sergipe.

Policiais militares lotaram mais uma vez as galerias da Assembléia Legislativa, visando acompanhar a votação. De acordo com o sargento Edgard Menezes, das Associações Unidas, mesmo com o reajuste salarial concedido pelo Governo do Estado, a luta da categoria continua.

“Essa foi só uma batalha. Em agosto nós vamos voltar em busca da Lei de Organização Básica, do Regime Disciplinar do Policial Militar, nível superior e carga horária. A luta volta a ser encampada no segundo semestre. Vamos dar somente uma trégua ao governador e em 2011, voltaremos com mais reivindicações a exemplo da isonomia com os policiais civis”, alerta sargento Edgard Menezes acrescentando que foi dada apenas a primeira largada.

Edgard Menezes: “Foi dada a primeira largada”
Reajuste

A proposta enviada pelo Governo do Estado contempla um reajuste salarial concedido aos policiais e bombeiros militares no período de um ano e meio. O projeto prevê um reajuste de 24% na primeira parcela do acordo, a partir de maio deste ano.

Em outubro, os militares recebem um novo aumento, desta vez de 3%. Já a partir de março de 2010 os reajustes passam a ser bimestrais, sendo 5% em março e 8% nos meses de maio, julho, setembro e novembro. Eles receberão outros 10% de aumento em dezembro do ano que vem.

E trata da incorporação da Gratificação de Compensação por Serviço Externo (Gracoex) e a Gratificação de Atividade Militar (GAM) ao soldo, beneficiando assim os militares da reserva que não recebiam a Gracoex. Com a incorporação destas duas gratificações, as demais que são vinculadas ao soldo serão desvinculadas dele e se tornam fixas e reajustadas anualmente.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais