Policiais voltam a cobrar Comissão de Segurança

0

Sargento Vieira e Edgard Pereira mostram documento
Como prometeram, representantes da Caixa Beneficente da Polícia Militar de Sergipe compareceram à Assembléia Legislativa de Sergipe na tarde desta segunda-feira, 22, para cobrar dos deputados a divulgação dos componentes da Comissão de Segurança daquela Casa.

Segundo o sargento Jorge Vieira, não se admite que a Comissão de Segurança tenha sido instalada há três anos e até agora não esteja funcionando. “Estou aqui com documento comprovando a criação dessa Comissão em 10 de março de 2007 e até agora, não se sabe quem fará parte dela”, lamenta.

Ele reclama a demora na indicação dos nomes por parte dos líderes do Governo na Assembléia. “Os partidos de oposição já indicaram os nomes a exemplo dos deputados Venâncio Fonseca, Augusto Bezerra, Paulinho da Varzinha, André Moura, mas os líderes do Governo ainda não indicaram. Com isso, a Comissão existe de direito, mas não existe de fato”, entende.

O dirigente da Caixa Beneficente lembrou ainda o caso do Centro de Operações em Segurança Pública (Ciosp), quando o comerciante Eraldo de Jesus Santos, 42, pediu ligou pedindo ajuda e não foi atendido, sendo assassinado por assaltantes no Centro. “O caso do Ciosp foi para o Ministério Público porque a Comissão de Segurança não funciona”, entende.

Por Aldaci de Souza

Comentários