Presidente da Codevasf detalha obras do Canal de Xingó

0

Elmo Vaz mostra mapa das obras (Foto: Marco Vieira/ASN)

Em reunião fechada, realizada na manhã desta segunda-feira, 15 com o governador em exercício, Jackson Barreto (PMDB) no Palácio de Despachos, o presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz anunciou esperar estar “nos próximos dias com a licitação na rua para a conclusão da primeira fase do projeto do Canal de Xingó, que são cerca de 130 quilômetros”.

De acordo com Elmo Vaz, foram mostradas na reunião, as tratativas desenvolvidas para o lançamento do edital de projeto final do Canal de Xingó, que terá extensão de 305 quilômetros.

“Eu diria que é uma das obras mais importantes para o desenvolvimento regional do Sertão do Estado de Sergipe e que, portanto, tem total apoio da equipe de governo”, destaca Elmo Vaz.

Na ocasião, o presidente da Codevasf mostrou ainda ao governador Jackson Barreto, o andamento das obras para revitalização dos projetos do Baixo São Francisco, envolvendo as regiões de Propriá, Betume e Cotinguiba-Pindoba. “Até setembro a Superintendência Regional em Sergipe, capitaneada por Paulo Viana, estará lançando todos os editais para que possamos, até dezembro, estar com a grande maioria das obras já iniciadas”, enfatiza.

“Obra do Século”

Orçada em R$ 2,4 bilhões, a obra poderá ser considerada pelo governador Jackson Barreto, como a obra dos século para os sergipanos, envolvendo na primeira fase R$ 1,3 bilhão. “É de uma importância ímpar. Temos de declarar

Segundo o governador em exercício, a oportunidade de contar com a presença do presidente da Codevasf o nosso reconhecimento ao trabalho executado pela Codevasf. A presença do presidente aqui tem uma importância enorme no momento em que a viabilização do canal de Xingó, que, sem dúvida, será a grande obra do século para o nosso estado, a maior obra estruturante do semiárido”, ressalta Jackson Barreto.

Jackson Barreto acrescentou que a obra será oficializada com o anúncio de uma licitação já a partir de agosto de 2013, e com a possibilidade concreta de iniciar as obras já em 2014.

“Discutimos os detalhes do projeto do canal de Xingó desde a sua nascente, em Paulo Afonso (Ba), onde a edificação ficará em uma altura bem superior, e de lá, por gravidade, receberemos água nos primeiros 103 quilômetros, de Paulo Afonso até Poço Redondo, na área do perímetro Jacaré-Curituba”, acrescenta.

A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira, 15 no Palácio dos Despachos com a participação do senador Antônio Carlos Valadares, o deputado federal Valadares Filho; o engenheiro Jessé Carvalho, assessor da presidência da Codevasf, o superintendente da Companhia em Sergipe, Paulo Viana, além dos secretários de Estado da Infraestrutura, Casa Civil e Agricultura, respectivamente, Valmor Barbosa, Silvio Santos e José Macêdo Sobral.

Por Aldaci de Souza com informações da ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais