Processos sofrem queda de 43% após reforma trabalhista em Sergipe

O anúncio faz parte de uma inspeção provocada pela Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho. (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Côrrea, divulgou na manhã desta sexta-feira, 6, uma redução de 43% no número de processos trabalhistas registrados no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 20ª região em relação ao período anterior à promulgação da reforma trabalhista.

De acordo com o ministro, na última inspeção feita pela Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho, em 2017, foram constatadas 19.857 ações à espera de julgamento. Até junho deste ano, o número sofreu uma queda de 43%, equivalente ao total de 10.361 ações. “Nesse mesmo período os juízes conseguiram diminuir o acervo de sentenças a serem prolatadas em 47%, ou seja uma diminuição percentualmente maior do que a redução do número de novas ações”, detalhou Lelio Bentes.

Inspeção no TRT

A ação faz parte de uma correição bienal que ocorreu entre os dias 2 e 6 de agosto deste ano, quando o ministro recebeu desembargadores, juízes de primeiro grau, advogados, associações de classe e demais interessados.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva do ministro à imprensa com o intuito de detalhar a qualidade dos trabalhos no TRT de Sergipe durante o período equivalente aos últimos dois anos.

por Daniel Rezende

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais