Proinveste é aprovado por unanimidade na Assembleia

0

Angélica Guimarães: "Não foi aprovado antes por falta de diálogo" (Fotos: Portal Infonet)

Quem pensou que o Proinveste seria aprovado na manhã desta terça-feira, 7, por unanimidade [após mais de seis meses de discussões], sem qualquer polêmica, se enganou. No momento em que a presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Angélica Guimarães (PSC) utilizava a tribuna para dizer que o Poder Legislativo vivia “um momento histórico”, os deputados da bancada da situação se retiraram do plenário e só retornaram após a presidente deixar a tribuna.

Indagada pela imprensa, a deputada Conceição Vieira (PT), afirmou: “Eu estava aqui e sou capaz de repetir todo o discurso da presidente da Casa”. Mas após insistência, ela desabafou: ‘o acordo foi para que ninguém usasse a tribuna’.
O acordo ao qual Conceição Vieira se referiu, pode ser comprovado na fala de Angélica Guimarães, assim que a pauta de votação dos projetos foi distribuída. “Inscrições, por acordo, foram canceladas”, anunciou a presidente da Assembleia.

Francisco Gualberto defendeu o projeto original

Mas, tão logo os dois projetos  autorizando o Poder Executivo a contratar operação de crédito no valor de R$ 567 milhões, foram aprovados em 1ª discussão, a deputada Angélica Guimarães, utilizou a tribuna.

“Quero registrar esse momento histórico que estamos vivendo nessa Casa. O governador nos procurou e aos deputados de oposição pedindo que aprovássemos o Proinveste. Eu tive a idéia de que ele junto à presidente Dilma Rousseff, prorrogasse o prazo dos empréstimos, que nesse período nós buscávamos mediar com os deputados de oposição, para que houvesse um entendimento com todos os partidos. O governador aceitou a sugestão e com o prestígio que tem junto ao Governo Federal, conseguiu a prorrogação dos prazos”, ressalta.

Angélica Guimarães fez questão de afirmar que “a oposição em momento algum colocou empecilhos na aprovação do Proinveste. Apenas destacamos as obras estruturantes para as futuras gerações. Nos colocamos a disposição do governador,que fez um entendimento com o prefeito João Alves Filho (DEM) e com a bancada da situação. Todos imbuídos no propósito de trazerem o desenvolvimento para Sergipe. Hoje estamos colhendo os frutos, vivendo um momento histórico com a oportunidade de dizer ao governador que não aprovamos o Proinveste antes, por falta de diálogo”, relembra.

Em aparte, o deputado Francisco Gualberto (PT), destacou: “Não quero gerar nenhuma polêmica, mas é bom esclarecer que votamos na primeira votação do Proinveste, no projeto original e eu compreendo que podia ter sido aprovado originalmente. Nosso propósito de que o projeto original poderia ter sido aprovado não mudou. O Estado agora enfrentará alguma dificuldade para executar o projeto”.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais