Proredes: Angélica é notificada de decisão judicial

0

Angélica Guimarães lê matéria que a critica (Foto: Portal Infonet)

A deputada Angélica Guimarães (PSC) foi notificada na tarde desta segunda-feira, 7, da decisão judicial do desembargador Ricardo Múcio favorável ao mandado de segurança impetrado semana passada por meio do Procurador Geral Márcio Leite de Rezende contra o adiamento da votação do Projeto de Lei do Programa de Fortalecimento da Redes de Inclusão Social e de Atenção à Saúde, o Proredes.

“Eu fico indignada com setores da imprensa que continuam me batendo em matérias dizendo que sai pelos fundos e abaixada num carro preto para não ser notificada, como se aqui tivesse fundos. Eu estava na sessão na última sexta-feira, 4, quando o oficial de Justiça chegou. Quando o oficial retornou à tarde, eu estava sendo sabatinada e ele deixou um recado em meu gabinete dizendo que retornaria nesta segunda e assim o fez e eu assinei porque não devo nada a ninguém. Se querem criticar o senador Amorim, que o façam, não a mim”, ressalta.

Deputada chora ao falar dos filhos (Foto: César de Oliveira)

Angélica Guimarães lembrou que o Governo entrou com uma ação contra a Alese, na quinta-feira à tarde. “E na sexta-feira eu estava aqui, eu não corri esbaforida como disseram na imprensa. O governador do Estado não mandou os projetos em tempo e eu vim na sexta pela manhã para votar o PCCV. Se eu tivesse me escondendo de oficial de Justiça não tinha vindo. Quem não deve não teme. Eu acabei de receber a decisão, da qual eu discordo porque o Governo não tinha legitimidade para entrar na Justiça e sim os deputados. Mas vou cumprir”, garante.

Ao lembrar dos filhos, a deputada Angélica Guimarães chorou na tribuna da Assembleia. “Eu não vou admitir que setores da imprensa continuem me achincalhando. Quando eu chego em casa meus filhos perguntam porque eu estou apanhando tanto na imprensa. E eu respondo: sua mãe é uma pessoa digna e nunca vai se vender”, avisa.

O Proredes não foi lido na sessão desta segunda-feira e o prazo para que o governador Jackson Barreto (PMDB), apresente ao BID termina na sexta-feira, 11.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais