PT, PROS e Rede recomendam ‘voto crítico’ em Edvaldo no 2º turno

0
Recomendação de voto crítico em Edvaldo Nogueira foi definida em coletiva a imprensa (Foto: Assessoria do PT)

O candidato a prefeito de Aracaju, Márcio Macêdo (PT), que ficou em quatro lugar no primeiro turno das eleições municipais 2020, declarou nesta quinta-feira, 19, durante coletiva a imprensa que não participará da campanha de nenhum dos dois candidatos à Prefeitura de Aracaju que concorrem no segundo turno, mas recomenda o voto no atual prefeito, Edvaldo Nogueira (PDT) que disputa a reeleição.

Ainda segundo Márcio Macedo, nenhum dos dois candidatos representa o projeto que foi defendido pelo PT e pela coligação durante a campanha. “Nós temos responsabilidade com a democracia, com a cidade e com as pessoas que nós falamos tanto, e dessas opções que estão aí, nós não vamos viajar na negação da politica, nós vamos recomendar o voto crítico ao prefeito atual Edvaldo Nogueira”, diz.

Márcio Macedo disse que não fará campanha para nenhum dos candidatos (Foto: Assessoria do PT)

Márcio Macêdo disse ainda que não participará de campanha e que não participou de nenhuma reunião com Edvaldo Nogueira para declarar a recomendação do voto do PT e das coligações no candidato. Márcio explicou que a decisão foi tomada na segunda-feira, 16, durante reunião com PT, Rede e lideranças.

“Não conversei com o prefeito Edvaldo Nogueira, não tem nenhum acordo para cargo ou participação no Governo. Nós estamos aqui tomando uma decisão civilizatória, cidadã e política. Aracaju não pode cair na mão dessa aventura que está posta aí. Então, nós vamos recomendar a militância do PT, PROS e Rede, aos 10% do eleitorado que nos acompanhou nessa eleição, que siga nossa recomendação”, enfatiza.

O presidente do PROS, Sérgio Viana, também declarou durante a coletiva que irá seguir a recomendação do PT. “Vamos trabalhar daqui para frente com uma nova construção como foi desde o início, nós nos aliamos para construir uma frente de esquerda progressista e democrática, por isso, nós entendemos que não devemos participar em nenhum Governo, mas também orientamos aos nossos filiados e eleitores que depositaram na urna um voto que confiança no Pros, um voto crítico no prefeito Edvaldo Nogueira”, ressalta.

Por Karla Pinheiro

Comentários