PT quer manter aliança com JB e Valadares

0
Márcio Macedo: aliança para reeleger Jackson (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Partido dos Trabalhadores (PT) está disposto a fechar questão em torno da reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB) e defende a manutenção da aliança com o PSB, que tem o senador Antonio Carlos Valadares no comando em Sergipe. O deputado federal Márcio Macedo considera legítimo o pleito do senador Valadares pela Vice-Governadoria e defende que a vaga do Senado seja destinada ao PT, cujo nome ainda será fruto de debate interno entre os petistas.

Especula-se entendimentos partidários entre o governador Jackson Barreto e o prefeito João Alves Filho (DEM), mas o PT não opina sobre esta probabilidade. Nem o governador Jackson Barreto, que se encontra em viagem, nem o prefeito João Alves admitem o entendimento partidário. Ambos fazem questão de revelar, em público, que os acordos com o governador são estritamente administrativos, visando melhorias para os aracajuanos.

O deputado federal Márcio Macedo (PT) diz que não fala sobre especulações nem no condicional. Para o parlamentar, as atenções dos petistas estão concentradas nos entendimentos político-partidários com o governador Jackson Barreto para manter o mesmo bloco de alianças que elegeu o governador Marcelo Déda, em 2010 [a exceção do bloco liderado pelo senador Eduardo Amorim (PSC), que rompeu politicamente com o bloco governista em 2012, com a antecipação da eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa].

O deputado federal Márcio Macedo observa que não é possível avaliar entrosamento político-partidário entre o governador Jackson Barreto e o prefeito João Alves por entender que os interesses do prefeito são divergentes. “João Alves está se preparando para ser candidato a governador, não tem probabilidade de acontecer esta aliança”, analisa.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais