Rede afasta tese de aliança com PSB e sai sozinho para o Governo

0
Rede: candidaturas próprias (Foto: Assessoria Rede)

O Partido Rede de Sustentabilidade (Rede) já bateu o martelo e decidiu abraçar carreira solo com a candidatura do ex-vereador Émerson Ferreira para o Governo do Estado na disputa eleitoral que ocorrerá em outubro. Afastando definitivamente qualquer aliança à chapa do PSB, que tem o deputado federal Valadares Filho como pré-candidato ao Governo do Estado. O PSB formalizou convite ao Rede disponibilizando a vaga de vice-governador na composição partidária.

No domingo, 29, o partido realizou a convenção partidária na Assembleia Legislativa e fechou com candidaturas próprias, fazendo alianças restritas com a Frente Favela Brasil e com o Movimento Acredito. “Foi uma convenção festiva, só para homologação”, classificou o candidato ao governo, Émerson Ferreira. Ele explica que todos os encaminhamentos foram debatidos anteriormente com a cúpula partidária.

O partido sai com indicação para o preenchimento de apenas uma vaga para o Senado, tendo como titular o delegado de polícia civil Alessandro Vieira, com Fernando Carvalho para a primeira suplência, e o major Hildomário, na segunda suplência.

Para as candidaturas proporcionais, o partido sairá com 12 candidatos na disputa pelas vagas disponível na Câmara dos Deputados e 37 na Assembleia Legislativa. Entre estas candidaturas, duas são indicadas pela Frente Favela Brasil: uma de deputado federal e outra de deputado estadual.

Por Cassia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais