Relator pede condenação de Augusto Bezerra e Paulinho

0

Augusto Bezerra e Paulo Hagenbeck , o Paulinho das Varzinhas são acusados de peculato e organização criminosa

Os deputados estaduais Augusto Bezerra e Paulo Hagenbeck, o Paulinho das Varzinhas,  podem ser condenados a mais de 12 anos de reclusão por desvio das verbas de subvenções. O relator do processo, Roberto Porto, pediu a condenção dos parlamentares por peculato e organização criminosa. Julgamento prossegue no Tribunal de Justiça de Sergipe.

O desembargador Alberto Romeu Gouveia pediu vista e o julgamento não será encerrado nesta quarta feira, 11.

O Portal Infonet trará detalhes posteriormente.

Caso

O Tribunal de Justiça de Sergipe começou a julgar na manhã desta quarta-feira, 11, a ação penal na qual figuram como réus os deputados estaduais Augusto Bezerra e  Paulinho das Varzinhas, acusados de promover suposto esquema para desviar as verbas de subvenções destinadas pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) a entidades do terceiro setor.

Além dos deputados também são réus o empresário Nolet Feitosa, que assinou delação premiada, e também dirigentes da Associação dos Moradores do Bairro Nova Veneza (Amanova) e outras pessoas que sacaram cheques emitidos por aquela entidade.

Também respondem ao processo penal a presidente da entidade, Clarisse Jovelina de Jesus, Alessandra de Deus, Edelvan Alves de Oliveira, Ana Cristina Varela Linhares, Wellington Luiz Goes da Silva, José Agenilson de Carvalho Oliveira e Eliza Maria Menezes.

Por Cássia Santana

A matéria foi corrigida às 15h55, pois os parlamentares não foram condenados. O relator pediu a condenação, mas o pleno ainda está votando.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais