Rivanda mantém decisão de não realizar Carnaval

0

Rivanda Batalha: "A Festa do Momo vai ao sacrifício" (Foto: Divulgação/Arquivo Portal Infonet)

A prefeita de São Cristóvão, Rivanda Batalha (PSB) continua decidida a não realizar a folia de Carnaval do município. O argumento é a contenção de despesas no sentido de utilizar os recursos para o pagamento dos salários dos servidores públicos municipais nesta quinta-feira, 31.

“A festa de Momo vai ao sacrifício. Não tem jeito, estamos em situação econômica dificílima e não iremos bancar festa num momento tão ruim como este. Peço desculpas aos nossos músicos e à população, mas temos outras prioridades”, entende a prefeita de São Cristóvão.

Rivanda Batalha disse ainda que, com os recursos que poderiam ser destinados ao Carnaval, serão usados também para a compra de medicamentos, limpeza pública e para as necessidades básicas do município. Ela destacou que um dos motivos que a levou a tomar esta decisão foi a escassez de recursos e os últimos repasses provenientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que entraram na conta da prefeitura, mas foram sacados pelo governo para quitação de débitos anteriores, principalmente parcelas do INSS.

“Das duas cotas arrecadadas em janeiro [dias 10 e 20] , o município não ficou com um só centavo na conta da prefeitura após os descontos processados pelo governo federal, mesmo diante do valor apurado, cerca de R$ 1.421.296,39. O maior desconto provém das cotas do INSS, sendo R$ 668.401,87 da 1, e R$ 241.217,88, referente à 2ª cota”, lamenta.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais