Rogério é empossado na Presidência do PT

0
Posse: cumprindo calendário nacional (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

O deputado federal Rogério Carvalho foi empossado na manhã desta segunda-feira, 9, na Presidência da Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) de Sergipe. Um minuto de silêncio em respeito à morte do governador Marcelo Déda e acalorados discursos em defesa da unidade partidária marcaram a solenidade ocorrida na sede do partido, em Aracaju.

O clima que seria de festa foi ofuscado. A posse nesta data, segundo o ex-presidente do partido, Sílvio Santos, confirmada pelo sucessor Rogério Carvalho, cumpriu mera formalidade para não se contrapor às novas regras da Executiva Nacional que antecipam a posse dos novos dirigentes do Partido dos Trabalhadores nacionalmente, que seria realizada no mês de fevereiro do próximo ano.

Pelo novo calendário, as posses das Executivas Estaduais e Municipais e dos respectivos Diretórios devem ocorrer até esta terça-feira, 10. Nesta terça-feira, 10, será empossada a nova direção da Executiva

Sílvio Santos e Rogério: cumprimentos nos bastidores

Municipal do PT de Aracaju, que tem como presidente o deputado estadual Francisco Gualberto. A posse de Gualberto também não será festiva, conforme informou o próprio deputado estadual.

A exemplo do que ocorreu com a posse da Executiva Estadual, a posse na Municipal atenderá às formalidades. “Uma posse burocrática para cumprir o estatuto, sem um ato festivo em função do falecimento do governador Marcelo Déda”, declarou Gualberto.

Dever cumprido

Ao transmitir o bastão para o sucessor Rogério Carvalho, o ex-presidente Sílvio Santos observou que deixaria a presidência do partido com a “convicção do dever cumprido”. Presidente por dois mandatos, Sílvio Santos fala que o cargo exige tolerância e tranquilidade e desejou que o novo presidente tenha efetivo sucesso nas ações para conduzir o partido. “Rogério é um jovem muito futuroso, uma liderança expressiva e tenho certeza que ele amadurecerá muito como presidente do PT, sabendo da responsabilidade de conduzir um partido com tanta diversidade e que, também, tem muita solidariedade e é muito leal com os compromissos assumidos por todos os companheiros”, observou Sílvio Santos.

Sílvio Santos transmite o cargo para Rogério

O ex-presidente observou que deixa o cargo, mas permanece no partido, frente à militância, disposto a colaborar com a unidade do partido e não esconde o desejo de disputar as eleições de 2014, mas não antecipou qual seria o cargo, cuja decisão passa pelos embates internos em torno das próximas eleições.

“Ainda estamos articulando, mas pretendo buscar um mandato, mas como sempre foi: como militante preocupado com o fortalecimento do nosso partido e atuando para que o PT continue sendo este partido representativo da classe trabalhadora e do povo sergipano”, considerou Sílvio Santos.

O deputado Rogério Carvalho pretende iniciar o comando analisando as questões administrativas do PT e, em seguida, preparar o ato político de posse que deverá ocorrer em fevereiro do próximo ano. Na sequência, Rogério pretende abrir, internamente, o debate em torno das eleições de 2014. O partido não abre mão de compor a chapa majoritária, mas o cargo e o nome só será definidos no próximo ano.

Sílvio Santos e Rogério Carvalho: unidade

E, também visando a unidade partidária, o presidente Rogério Carvalho reunirá as lideranças das Executivas e Diretórios Municipais instaladas nos 72 municípios sergipanos e, a partir daí, definir um planejamento das ações do partido. “Para que a gente tenha um partido inteiro, independente de corrente e de força, em todas as cidades construindo a posição regional do partido para que o presidente possa representar o conjunto, a média ou a maioria do pensamento dos nossos filiados”, considerou.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais