Samuel critica morosidade na obra do Hospital do Câncer

0
Deputado Samuel Barreto: "Governo precisa trabalhar mais e falar menos" (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Capitão (PSL), ao falar sobre a demora das obras deveriam ser realizadas com os recursos do Proinveste, disse que “o governo precisa trabalhar mais e falar menos”.

Capitão Samuel disse que, a pedido dele, foram feitas fotos do local da obra e para a sua surpresa, constatou que tem apenas dois operários. “Nem máquinas e nem tratores. Com as chuvas a terraplanagem está acabando. Eu acho que esses dois trabalhadores estão lá fiscalizando a obra com medo de a chuva destruir a terraplanagem” ironizou, lembrando que só nesta etapa o governo gastou R$ 18 milhões, quando o custo total da obra, de acordo com o governador Jackson Barreto (PMDB), seria de R$ 80 milhões.

De um total de mais de R$ 500 milhões aprovados, no final de 2011 pela Assembleia Legislativa para o Proinveste, já chegaram aos cofres do governo de Sergipe quase R$ 86 milhões. Para o líder da oposição, dinheiro não é o problema para o hospital não está funcionando, no seu entender é falta de governo mesmo.

“A população está morrendo nas filas, o câncer está matando muito gente e nós precisamos de um centro especializado. Se desde 2012 começou a chegar o dinheiro, se temos o local para a construção, um terreno do estado e porque não faz? Só pode ser incompetência. Eu não tenho como dar outro nome. Ou eu posso achar que o dinheiro do Proinvest está sendo utilizado pra outra coisa.”

Além das obras do hospital do câncer, Samuel lembra que há três meses foi prometida uma nova estrada que liga Itabaiana a Itaporanga da Ajuda, outra a SE-100 que liga Pirambu a Brejo Grande e que são obras importantíssimas para a região. Ele não vê problemas para a construção se o dinheiro está na conta do estado. “Não tem porque não acelerar essas obras e gerar os empregos que foram prometidos. A população continua aguardando os 27 mil empregos que o governo disse que ia gerar”, cobrou o deputado afirmando que o governo usou esse discurso para a população de Itabaiana, Itaporanga da Ajuda, Areia Branca, dizendo que a obra seria um novo canal de desenvolvimento para a região.

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais