Senador entra na justiça contra campanha do Governo Federal

0
Senador Alessandro Vieira vai entrar com ação no STF contra a campanha “O Brasil não pode parar”.
(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O senador Alessandro Vieira e os deputados Felipe Rigoni e Tabata Amaral decidiram entrar com ação no Supremo Tribunal Federal pedindo a suspensão imediata da campanha publicitária veiculada pelo governo federal sob o slogan “O Brasil não pode parar”.

As peças da campanha defendem a flexibilização do isolamento social decretado pelos estados dentro das ações de combate ao novo coronavírus, conforme vem propondo o presidente Jair Bolsonaro. Também há previsão de vídeos institucionais. O valor da campanha não foi divulgado.

“O lançamento neste momento de uma campanha publicitária que não seja baseada no melhor entendimento dos especialistas do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde é contraproducente, prejudica a saúde do cidadão brasileiro e chega às raias de ser criminoso”, afirmou Alessandro Vieira.

Segundo o senador, a iniciativa legal contra a campanha “atende aquilo que o cidadão pode fazer, aquilo que o parlamentar deve fazer e, principalmente, coloca dentro dos limites legais a atuação da Presidência da República”. Segundo ele, “Executivo, Legislativo e Judiciário tem que agir juntos para evitar erros e podar excessos que sejam praticados. A Presidência não serve para exercer opiniões pessoais, mas para comandar a Nação para que, com base nas melhores práticas, possamos vencer essa crise.”

Fonte: assessoria de imprensa do senador

Comentários