Senadores sergipanos gastaram R$ 925 mil em 2020

0
Senadores sergipanos economizaram em 2020 (Foto: Portal Infonet)

Os senadores sergipanos gastaram, em 2020, da cota parlamentar para exercício da função, cerca de R$ 925 mil, pouco menos que o valor gasto pelos três senadores sergipanos em 2019, quando o montante somou pouco mais de R$ 1 milhão. Os senadores conseguiram economizar cerca de R$ 114 mil em 2020. Nesses gastos não estão inclusos os pagamentos das remunerações dos servidores efetivos e comissionados.

A verba da cota parlamentar cobre gastos dos senadores com aluguel de imóveis para escritório político; aquisição de material de consumo;  locomoção, hospedagem, alimentação e combustíveis; contratação de serviços de apoio ao parlamentar; divulgação da atividade parlamentar; passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais; e serviços de segurança privada.

O senador que mais gastou em 2020, segundo dados do Senado federal, foi Rogério Carvalho (PT) com gastos de R$ 475.237,06, seguido por Alessandro Vieira (Cidadania) que acumulou gastos de R$ 288.426,76 e pela senadora Maria do Carmo Alves (DEM) que gastou R$ 162.127,15 da cota parlamentar.

Atualmente, segundo dados do Senado Federal, o senador Rogério Carvalho tem, no seu gabinete, 15 servidores, 11 comissionados e 4 efetivos, além de 48 comissionados em escritórios de apoio.

Maria do Carmo Alves tem em seu gabinete, em Brasília, 15 servidores, 10 comissionados e 5 efetivos. Já em escritórios de apoio, a senadora tem 24 servidores comissionados.

O senador Alessandro Vieira é o que menos tem servidores contratados, ele reúne 28 servidores comissionados, 14 em seu gabinete e 14 em escritórios de apoio.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais