Sergipanos pedalam pelo combate à corrupção

0

Ciclistas percorrem a passarela do caranguejo pelo combate à corrupção (Fotos: Portal Infonet)

A Orla de Atalaia ficou pequena para a quantidade de sergipanos e atletas que colocaram as bicicletas nas ruas em comemoração ao Dia Internacional Contra a Corrupção, celebrado neste domingo, 9, em todo o país. O Dia Internacional de Combate à Corrupção foi criado em 2003 pela Organização das Nações Unidas (ONU).  Aplicada pela primeira vez nas eleições municipais deste ano, a Lei da Ficha Limpa barrou mais de 900 candidaturas em todo o país.

Segundo o secretário-chefe da Controladoria Geral do Estado (CGE/SE), Adinelson Alves, o objetivo do passeio é mobilizar e conscientizar toda a população para o problema da corrupção. “É por isso que a Controladoria Geral do Estado e a Controladoria da União estão aqui nesse 9 de dezembro reunindo e mobilizando a população contra a corrupção. Então hoje é um dia de festa, é uma festa da cidadania que tomou as ruas de Aracaju numa onda branca, a onda da paz, de um Sergipe e de um mundo sem corrupção, onde os recursos públicos sejam aplicados em saúde, educação, assistência social para erradicar a miséria absoluta em nosso país e efetivamente garantir a boa aplicação dos recursos públicos”, ressalva.

Secretário-chefe da CGE/SE, Adinelson Alves diz que o passeio pretende mobilizar a população

Nem mesmo o sol forte, fez com que o mecânico Edvaldo Ferreira ficasse em casa. De acordo com ele, esse é o pontapé inicial para que a sociedade faça valer os seus direitos. “Esse é o segundo ano que participo e é muito importante para que possamos demonstrar a nossa insatisfação para o que está acontecendo em nosso país. É preciso que todos participem desta causa e façam valer os seus direitos enquanto cidadão, sem contar que andando de bicicleta estamos adquirindo saúde”, garante Edvaldo.

Para o chefe da Controladoria Geral da União (CGU/SE), Manoel Marciape, essa ação demonstra que sociedade quer dar um basta na corrupção. “É um desejo do mundo inteiro combater essa prática e aqui em Sergipe estamos dando um exemplo. Buscamos agora dar maior transparência, cada cidadão acompanhando realmente o gasto público e na verdade o que o Brasil está fazendo agora é trabalhar para dar um basta nisso, que realmente tem muito a ver com participação social, controle e transparência dos gastos públicos”, afirma Marciape.

Edvaldo Ferreira (à esq) e o miliar Ferreira Conceição juntos no passeio

Presente pela quarta vez no passeio ciclístico, o militar Ferreira da Conceição, fez um apelo ao Ministério Público do Estado (MPE) para que continue acompanhando de perto os recursos do poder público.

“Eu ainda vejo que o Ministério Público precisa investigar muita coisa no nosso próprio estado em termo de corrupção. Como funcionário público, a gente fica muito triste quando a gente ver tanto dinheiro desperdiçado. Eu acho muito bonito o trabalho dele [MP],  mas é bom que ele investigue mais no estado todo para ver onde está indo o dinheiro, porque a coisa não está de brincadeira”, pede.

Por Aisla Vasconcelos

"É um desejo do mundo inteiro combater essa prática", diz Manoel Marciape

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais