Sessão normal na Assembléia após o Carnaval

0

Pastor Antônio (Fotos: Maria Odília)
Deputados e vereadores retornaram às atividades na manhã desta quinta-feira, 10, após o descanso do Carnaval. Na Câmara, os trabalhos foram abertos e encerrados em poucos minutos devido à falta de oradores, mas na Assembléia, cinco deputados se inscreveram para usar a tribuna. Entre os principais assuntos discutidos na Assembléia, a reforma administrativa do Executivo e os acidentes nas rodovias durante o Carnaval e falta de água em Pirambu.

O pastor Antônio dos Santos (PSC) fez um pronunciamento mostrando preocupação quanto ao número de acidentes nas

Venâncio Fonseca
rodovias federais [31] durante o período do Carnaval, divulgados pela Polícia Rodoviária Federal nesta quinta-feira, 10. De acordo com ele, as estatísticas estão longe de refletir a quantidade de mortes.

Ele fez uma solicitação ao Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT) que redobre a fiscalização quanto a presença de animais nas rodovias, o que vem provocando acidentes, muitas vezes fatais. “Tenho encontrado veículos nas BRs recolhendo animais, mas lamentavelmente a ação tem sido insuficiente”, ressalta.

Francisco Gualberto
Reforma

Já o deputado Venâncio Fonseca (PP) teceu duras críticas ao projeto de reforma administrativa encaminhado pelo governador Marcelo Déda (PT) à Assembléia Legislativa. Segundo Venâncio o projeto é um “cabide de emprego para cabos eleitorais, além de ser contraditório por criar despesas num momento em que o governador pede contenção de gastos”.

O deputado disse ainda que o projeto proposto pelo Executivo é um desrespeito com os servidores e com os sergipanos. “Isso na medida em que fala em aumentar o número de cargos comissionados e não trata de reajuste. O

Gilson Andrade (Fotos: César de Oliveira)
projeto visa criar 109 cargos e isso é coisa de quem está com os cofres abarrotados”, entende Venâncio Fonseca.

Em contrapartida, o líder do Governo, deputado Francisco Gualberto (PT), disse que “a bancada tem que fazer de conta que esse giz não funciona corretamente e nós temos que passar o trabalhador. O que eles não dizem é que estão sendo criadas secretarias especiais como da Mulher, da Juventude e Direitos Humanos, que não terão dotação orçamentária e que vão sobreviver dos recursos da Casa Civil. Não vai onerar em nada mais”, rebate Francisco Gualberto.

Augusto Bezerra
Carnaval

O deputado Gilson Andrade (PTC) usou a tribuna para destacar o sucesso do Carnaval pela Prefeitura de Estância. Segundo ele, a festa foi tranquila e o posto médico não registrou maiores incidentes e nenhum paciente precisou ser transferido para hospitais de Aracaju.

“Venho falar do maior e melhor Carnaval de Sergipe que foi realizado em Estância. Temos que saudar o prefeito Ivan Leite (PSDB) pelos festejos em vários locais, a exemplo do Abaís, que reuniu cerca de 30 mil pessoas na Praça de Eventos”, ressalta agradecendo o trabalho da Polícia Militar, CPRV e Corpo de Bombeiros.

Sem água

O deputado Augusto Bezerra (DEM) lamentou a falta de água no município de Pirambu durante o período do Carnaval, lembrando que a população quase dobrou. “Imagine uma pessoa sair de Aracaju e passar quatro dias em Pirambu sem tomar banho direito, sem água para preparar a alimentação ou lavar roupa? A água só chegava por volta da uma ou duas horas da madrugada. A Deso tem ótimos técnicos, mas estão encostados porque são do governo passado”, lamenta.

Por Aldaci de Souza

Comentários