Sindijor-SE repudia decisões que afrontam a liberdadse

0

(Foto: Portal Infonet)

"O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR/SE), entidade de representação dos jornalistas sergipanos, preocupado com o momento pré-eleitoral, orienta os profissionais da imprensa a se atentarem ao que determina a legislação eleitoral em vigor, como forma de evitar transgressões às normas eleitorais vigentes e possíveis punições que a lei preveja.

Também orientamos aos jornalistas a diária aplicação do Código de Ética da profissão, prezando sempre pela informação precisa e correta, independentemente da linha política de seus proprietários e diretores ou da natureza econômica de suas empresas.

Ao mesmo tempo, o SINDIJOR/SE repudia, veementemente, a censura aplicada pela Justiça a alguns jornalistas sergipanos, vítimas da arrogância, prepotência e perseguição de grupos políticos, geralmente ligados à direita em Sergipe, que não aceitam a investigação jornalística, críticas e muito menos o livre exercício da profissão.

Tais práticas, que tentam retroagir ao período ditatorial, prejudicam o exercício do Jornalismo e comprometem a liberdade de imprensa em Sergipe. A função precípua do jornalista é apurar os fatos e informá-los de forma ética, responsável e independente, tendo sempre por finalidade o interesse público.

Lamentamos que o Poder Judiciário, que deve zelar pela liberdade de expressão e respeitar o trabalho dos jornalistas, adote uma postura que vai contra um dos principais pilares da democracia: a liberdade de imprensa.

O SINDIJOR/SE se solidariza com os colegas e espera que o Poder Judiciário reveja tal medida que fere os princípios basilares da democracia.

Diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe"

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais