Situação do Cenam é discutida na AL

0

Augusto fez duras críticas à unidade
Na manhã desta quarta-feira, 19, o assunto mais discutido no plenário da Assembléia Legislativa foi a situação do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). Com a greve dos agentes de segurança, que completa cinco dias, o atendimento aos menores está comprometido e gerando conflitos e fugas dentro da unidade.

A deputada e ex-secretária Ana Lúcia fez um retrospecto de como encontrou e de como deixou o Cenam quando estava à frente da Seides. Ela ressaltou a importância do bom andamento das atividades dentro da unidade para a recuperação dos menores e declarou que “ali não é penitenciária e as medidas sócio-educativas precisam ser aplicadas adequadamente”.

Já o deputado Augusto Bezerro não mediu palavras para falar sobre a situação do Cenam e declarou que a unidade é um “presídio de menores”. “Não vejo política social nem nenhum tipo de negociação com os agentes para reverter essa atual situação”, declarou. Ele apontou como culpados pela crise na unidade o atual diretor da fundação Renascer e o governo do Estado, por não negociar com os agentes.

Sobre a contratação de uma empresa particular para fazer a segurança dentro do Cenam, a deputada Ana Lúcia foi enfática: “isso não é correto, mas nesse momento é necessário”. Para o deputado Augusto Bezerra, a contratação desses seguranças é um “crime”.  

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais