Sônia Meire (PSOL) se diz confiante para o pleito

0
A candidata Sônia Meire (PSOL) chegou cedo ao local de votação 

A candidata Sônia Meire (PSOL) chegou por volta das 9h20 na Escola de 1º Grau Juscelino Kubitschek no bairro Coroa do Meio. Bastante sorridente e ao lado dos seus correligionários, a candidata fez uma avaliação positiva da sua candidatura para o pleito deste ano. 

De acordo com Sônia Meire, durante toda a campanha, a frente de esquerda se destacou no estado. “A avaliação foi positiva porque tivemos um projeto de esquerda e a população entendeu que temos um projeto diferenciado e corresponde as necessidades da classe trabalhadora. Tivemos um crescimento altíssimo nas eleições. Esse crescimento é por que a população entendeu o que é o nosso projeto e tem nos apoiado. Aonde nós chegamos, em todos os municípios, povoados de Sergipe e nos bairros, esse projeto foi muito bem entendido e colocamos como extremamente qualificada a candidatura e temos a clareza que nós qualificamos o debate em Sergipe”, afirma.

Pesquisas

A candidata preferiu enfrentar fila

Indagada quanto às pesquisas eleitorais, a candidata disse que “Queremos agradecer a população que no apoiou essa luta todos os dias. Para nós, as pesquisas apontam um meio de manipular a opinião pública, mas a classe trabalhadora entendeu nosso projeto. Queremos agradecer a população que no apoiou essa luta todos os dias”.

Após conversar com a imprensa, Sônia Meire abriu mão da prerrogativa de passar á frente dos eleitores para votar e preferiu aguardar na fila como os demais. “É uma questão de principio. Todos os anos eu voto aqui e porque no dia das eleições vou usar da prerrogativa. É preciso que a classe trabalhadora seja respeitada”, garante.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais