Suspensa eleição de Diógenes Barreto para desembargador

0
CNJ cancelou escolha do juiz Diógenes Barreto para o cargo de desembargador do TJ (Foto: arquivo Portal Infonet)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) concedeu liminar cancelando a escolha do juiz Diógenes Barreto para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). O juiz Gilson Felix dos Santos foi quem entrou com mandado de segurança pedindo a anulação da escolha.

O juiz de Direito, titular da 6ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju Diógenes Barreto, foi eleito para ocupar a vaga aberta após a aposentadoria da desembargadora Marilza Maynard. Ele integrou a lista tríplice para promoção a desembargador, pelo critério de merecimento, e disputou a vaga com os juízes Marcel de Castro Britto e Ana Lúcia Freire dos Anjos.

Em relação à liminar deferida pelo CNJ, que suspende os efeitos da escolha de Desembargador TJSE, pelo critério de merecimento, realizada na quarta-feira, 20/05, o Poder Judiciário sergipano entende como uma forma natural, própria da democracia. O TJSE, como sempre o fez, respeitará a Constituição, as Leis, e dará ao procedimento total transparência.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais